O verdadeiro segredo do empreendedorismo

O empreendedor está sempre atento, inovando, se reinventando

Normalmente relacionamos o termo empreender apenas com a criação de um produto novo ou uma nova empresa.

Seria como encontrarmos o gênio da lâmpada e pedir algo totalmente inusitado.

Ocorre que o empreendedorismo, o empreender, é muito mais complexo, pois se relaciona com a criação de soluções inovadoras, sendo assim tem como escopo inicial orientar a sanar dores, seja de clientes ou organizações.

Seu pensamento é disruptivo, pois cocria soluções, ouve, observa, utiliza seu conhecimento, e encontra soluções que na maioria das vezes não está no problema inicial.

O empreendedor ajuda a agregar valores, se diferenciar, enxergar oportunidades onde ninguém vê, tornando o negócio lucrativo, não só para ele, mas para toda a sociedade.

O empreendedor não se congela nas crises, desafios ou riscos, pelo contrário está sempre atento a lacunas e procura superar seus limites.

O empreendedor possui determinadas premissas, quais sejam:

  • Paciência;
  • Organização;
  • Planejamento;
  • Perseverança;
  • Observação

Sendo assim, não tem medo de riscos e nem de erros, pois tem a consciência de que se aprende muito mais com os erros do que com os acertos, formando, então, um modelo perfeito.

Veremos um exemplo no caso de vendas. Vemos a todo o instante a mídia falando na crise, inflação, lojas e empresas com estoques gigantescos e demissões. Deixando a maioria das pessoas, em um efeito manada e paralisados para qualquer ação.

Mas o dinheiro não sumiu, certo? Apenas temos uma demanda menor, devido a situação econômica momentânea do País, porém já vivenciada diversas vezes em tempos distintos, importante ressaltar que todos os Países passam por um ciclo de expansão, manutenção e retração.

Mas como atrair estes clientes propensos a compra ou despertar o desejo em outros nem tão propensos?

Empreendendo, inovando sua maneira de se comportar, agir e abordar, faça seu cliente viver uma experiência de compra inusitada. Supra suas necessidades e dores, mesmo aquelas que nem mesmo ele sabe que tem.

É de conhecimento, que hoje em dia, nossos clientes são muito bem informados, exigentes e que não caem em qualquer conversa. É necessário ser um empreendedor em Vendas.

Trate-o com empatia, transparência, ética e respeito. Mostre ao cliente como o seu produto ou serviço pode resolver o problema dele, mas para isso é necessário conhecer o seu nicho, mercado, concorrente e produto.

Não podemos empreender, sem informações, análises, foco, planejamento, ações assertivas, melhoria continua e um atendimento diferenciado. Como chegar ao resultado esperado?

Primeiro responda a esta pergunta: O que eu tenho que ninguém mais tem? O que me difere dos demais?

Sabemos que a maioria dos vendedores, seja de varejo, ou das grandes indústrias, se preocupam com uma venda básica, contornar objeções , discutir preços e reclamar do mercado parado. E não vemos estes profissionais procurar soluções, novos conhecimentos ou buscar conhecer seu cliente e suas dores.

Observe que o diferencial de um empreendedor é oferecer soluções e inteligência no lugar de produtos.

O empreendedor nunca esta parado, nunca acha que já aprendeu tudo ou que encontrou a mina de ouro. Ele está sempre atento, inovando, se reinventando e com isto traz novos negócios e modelos extraordinários de sucesso. Rompa com os modelos arcaicos, mude seu modelo mental e velhos paradigmas.

Termino este texto pedindo que reflitam acerca da citação de Paulo Araujo, palestrante e consultor: “Almeje sempre a excelência, faça as melhores escolhas, com o seu tempo e conhecimento que tem”.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento