O valor justo na gestão baseada em valor

Para a avaliação de um empreendimento são necessários os conhecimentos fundamentais como o Negócio, a Empresa e o Mercado, conforme define o Mestre Alexandre Assaf Neto

O Fluxo de Caixa é tido como aquele que melhor revela a efetiva capacidade de geração de riqueza de determinado empreendimento. FIPECAFI, Avaliação de Empresas. MARTINS, Eliseu, p. 275. Valor é a geração de riqueza econômica proveniente de ganhos no futuro através de benefícios de Caixa das atividades operacionais, depois de deduzidos todos os custos dos fornecedores capital à entidade.

Para a avaliação de um empreendimento são necessários os conhecimentos fundamentais como o Negócio, a Empresa e o Mercado, conforme define o Mestre Alexandre Assaf Neto. Devem ser avaliados como serão realizadas a produção, venda, e a logística. Quais os pontos fortes e fracos da empresa, o potencial da concorrência, o comportamento do consumidor e o que o mercado não oferece e o que a empresa poderia agregar em termos de valor ou fornecer um produto inovador.

O custo de oportunidade é um importante item para mensuração do valor da firma, pois sem ele não se pode determinar o quanto foi gerado em excesso ao que poderia, os fornecedores de capital, serem remunerados pelo mercado sem risco. O conceito de risco e retorno é fundamental para avaliação do investimento e apuração do goodwill ou valor adicionado da empresa. Os custos são expressos em taxas de juros, fazendo uma ligação entre o futuro e o presente, trazendo a valores atuais os investimentos e retornos esperados. Além da taxa livre de riscos, o sócio ou investidor deve obter um prêmio pelo risco operacional e sistêmico. Normalmente utiliza-se a SELIC como taxa de juros livre de riscos, acrescentando-se os prêmios pelo Risco País e Riscos da atividade. Ou seja, a taxa de juros deve contemplar todos os riscos do sócio, acionista ou investidor que, do resultado descontado a valor presente, possa obter-se um ganho adicional ou goodwill, apurando-se o seu fair value.

Adicionalmente há de considerar o custo de capital de terceiros, que além do risco operacional são os riscos de financiamento arcados pelo acionista. A dupla Miller e Modigliani (MM) conceituaram que o custo de capital próprio tem um crescimento linear em função do aumento do endividamento, requerendo uma taxa maior de rentabilidade. Para obter-se o custo total de financiamento do investimento próprio e de terceiros apura-se uma média WACC (Weighted Average Cost of Capital ou CMPC (Custo Médio Ponderado de Capital). Portanto, o retorno produzido pelo investimento deve ser o determinado pelo WACC após a formulação de MM.

Outras metodologias podem ser adotadas como referência, como o método do Lucro Residual, o modelo de Ohlson e o APV (Adjusted Present Value) ou VPA (Valor Presente Ajustado).

Estrutura dos critérios de Valuation

  1. Benefícios Econômicos de Caixa em ganhos econômicos previstos para o futuro a uma taxa de desconto a valor presente determinarão o fair value.
  2. Taxa de Desconto ou custo de oportunidade é a remuneração mínima dos investidores pela taxa livre de risco mais um adicional de risco do negócio.
  3. Horizontes de Tempo das Projeções em duração determinada de períodos explícito ou perpétuo relativo a continuidade indeterminada
  4. Risco do Negócio que seja capaz de remunerar o risco da própria empresa

A Gestão Baseada em Valor

  1. Benefícios Econômicos de Caixa através da criação de valor e maximização de riqueza
  2. Métricas de Valor se estão agregando ou não valor
  3. Direcionadores de Valor ou Value Drivers pelas medidas obtidas do desempenho
  4. Políticas de Remuneração de pessoal baseada no valor pelo excesso gerado (goodwill), inclusive considerando o custo de capital.

A Avaliação de Empresas

  1. Compra e Venda de Empresa
  2. Fusão e Cisão
  3. Sucessão Familiar
  4. Análise de Viabilidade Econômica

A Gestão Baseada em Valor traz para a entidade muitos benefícios tanto no aspecto de acompanhamento da sua efetiva performance do valor adicionado tanto quanto da avaliação de desempenho do pessoal, sendo um critério bastante razoável e consistente onde se verificará o ganho adicional goodwill ou a destruição de valor da firma.

As premissas ou statements de valuation devem ser bem definidos e avaliados por um profissional especializado, que requer o cuidado técnico adequado a fim de evitar distorções e resultados inconsistentes.

ExibirMinimizar
aci baixe o app