O seu diploma não é garantia de empregabilidade

Hoje o mercado contrata por competências técnicas e demite por competências comportamentais. Na gestão de pessoas existe a teoria do CHA, conhecida como mapa de competências

Sempre digo aos meus alunos: diploma não é suficiente para manter a sua empregabilidade. A cada dia o mercado está mais competitivo e exigindo que se faça mais com menos. O “menos” não necessariamente está relacionado com pagar um valor menor, mas, com otimizar os recursos existentes.

O profissional contemporâneo precisa reunir uma série de competências e habilidades caso deseje fazer a diferença onde atua. Conhecer teoria “X” ou técnica “Y” não o fará especial, todavia, a maneira como a aplicará, isso sim, será um grande diferencial.

No livro Funky Business - Talento Movimenta Capitais, Kjell Nordstrom, em um dos trechos sinaliza que, a sociedade do excesso, tem um excesso de empresas, que empregam pessoas similares, de formação similar, com ideias similares, que produzem coisas similares, por preços similares e de qualidade similar.

Então, o que fará a diferença? As suas atitudes!

Hoje o mercado contrata por competências técnicas e demite por competências comportamentais. Na gestão de pessoas existe a teoria do CHA, conhecida como mapa de competências. Na gestão contemporânea, já falamos de chave.

Conhecimento Habilidade Atitude Valores Emoção

Não basta saber fazer, é preciso querer fazer e fazer com ética, respeito, responsabilidade social, proatividade, inovação, criatividade, sem querer pisar no outro e sobretudo, com amor no coração.

Pense nisso!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento