O segredo do sucesso do padre Fábio de Melo no Snapchat
O segredo do sucesso do padre Fábio de Melo no Snapchat

O segredo do sucesso do padre Fábio de Melo no Snapchat

Há quem diga que é porque ele já era famoso, mas nessas redes sociais os seguidores não seguem muito tempo se não tiver um 'Q' a mais. O que é que o padre tem?

Acredito que a popularidade anterior do padre já é um diferencial claro. Antes do Snapchat, ele já dava suas explanações através do microblog Twitter e já tinha seguidores fiéis (em ambos os sentidos) e interessados. Porém, ele resolveu ampliar esse alcance através de vídeos de 10 segundos e olhando sempre para frente (como ele mesmo diz, por vergonha). Se você ainda não viu, é só procurar “fabiodemelo3” (sem aspas) no aplicativo Snapchat e curtir.

Mas o que nos faz querer acompanhar sempre e ainda achar ruim quando ele fica muito ausente? Acredito que se dê por alguns fatores, que são:

1- Bom humor: com a correria do dia a dia, o estresse tão presente precisamos dar umas boas risadas. Às vezes passamos dias sem rir de nada e o bom humor do padre tem se tornado uma válvula de escape. É como se fosse um stand up do Padre na tela do seu celular. Além disso, ele faz humor com coisas do cotidiano e que acontecem com qualquer um, isso o aproxima mais das pessoas como um todo;

2- Senso crítico: e quem disse que ser crítico é ruim? O padre faz sua crítica com maestria (aliada ao bom humor), fala sempre aquilo que queremos dizer, mas não temos coragem porque se for falar... vai dar briga! Ele alia o senso crítico com o humor, tornando sua reclamação mais leve e engraçada. Quem nunca reclamou de ter que acordar cedo ou fazer exercícios? Quem nunca achou aquelas fotos que as pessoas tiram na academia na maior animação em pleno domingo de manhã uma bobagem? Ele cita tudo isso e mais um pouco! E você que acaba fazendo o que ele diz, nem liga de ser “criticado”.

3- Leveza e verdade: o que faz parte do senso crítico, pois a crítica precisa da verdade, mas como ela nua e crua pode doer, ele utiliza a leveza para tornar tudo mais engraçado. Ah, mas ele faz isso naturalmente.

4- Atuação e fantasia: mas ele também atua. Recentemente fez uma “entrevista” com o Pequeno Príncipe, alternando-se entre os dois personagens: ele mesmo e o menininho. Isso o faz sair do universo somente dele, explicar seu gosto pelas coisas, mas de forma divertida e atrativa.

5- Surpresa: afinal, quem há de pensar que isso viria de um padre? Seguir a rede social de um padre (ou de outro líder religioso) era sinônimo de aproximação com Deus, frases e textos bonitos sobre a religião seguida. Nunca íamos imaginar que daríamos boas risadas. Mas o padre também tem essa função: tornar nossa vida mais leve e suportável.

Levando tudo isso em consideração, concluo que não há segredo. Basta que tenha verdade, senso crítico, bom humor, leveza e alegria. É exatamente o que estamos precisando e ele nos transmite isso no aplicativo!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento