O relacionamento interpessoal e a satisfação com a qualidade de vida no trabalho

O relacionamento interpessoal nas organizações trata-se de um dos temas mais pesquisados na área de Gestão Pessoas, pela sua importância e impacto nos objetivos organizacionais, por isso a necessidade de controlar e propor ações que visem estimular o bom relacionamento é imprescindível para melhor produtividade da equipe e a satisfação do colaborador com seu trabalho

O relacionamento interpessoal nas organizações trata-se de um dos temas mais pesquisados na área de Gestão Pessoas, pela sua importância e impacto nos objetivos organizacionais, por isso a necessidade de controlar e propor ações que visem estimular o bom relacionamento é imprescindível para melhor produtividade da equipe e a satisfação do colaborador com seu trabalho.

De acordo com Lacombe (2005): “Relacionamento interpessoal é constituído por um grupo de pessoas dentro do mesmo ambiente e com objetivos comuns a todos, onde os objetivos organizacionais são prioridades”. Os gestores devem adotar estratégias onde fique evidente aos colaboradores que dentro do ambiente organizacional o que deve prevalecer são os objetivos da empresa e mobilizar a equipe de trabalho em prol do mesmo, minimizando assim a formação de possíveis grupos informais.

Por uma organização ser composta de pessoas de culturas e personalidades diferentes, torna-se evidente a existência de conflitos, estes que sendo bem controlados não tomando maiores proporções afetando o bom relacionamento interpessoal, torna- se um fator favorável ao gestor, pois, poderá auxiliá-lo em uma tomada decisão assertiva, por meio, da análise das opiniões de seus colaboradores, os mesmos que na maioria das vezes possuem contato direto com os clientes.

Atualmente o cenário organizacional vive um processo de constante transformação e em virtude dessa realidade as empresas precisam de colaboradores dinâmicos e que se mostrem capazes de acompanhar as transformações, isto é, que se adaptam as mudanças e as visualizem como oportunidade de aprimoramento e não como uma complexidade, para isso alguns fatores são predominantes para que se possa obter o bom relacionamento como as percepções, evitando possíveis pré- julgamento relacionado aos colegas de trabalho rotulando as pessoas, é necessário dar a nós mesmos a oportunidade de conhecermos melhor uns aos outros. Saber utilizar a experiência a nossa favor a mesma que contrário do que muitos pensam não se consiste apenas em tempo de trabalho, mas, sim no aprendizado que adquirimos através dos nossos erros e sua aplicação no cotidiano e principalmente saber ouvir, fator este que nos permite melhor interpretação dos fatos tornando a comunicação mais efetiva, minimizando conflitos e contribuindo para um bom clima organizacional.

Considerando que o diferencial nas organizações são as pessoas é evidente a importância e contribuição do relacionamento interpessoal para as empresas que quando bem implementado e acompanhado pelos gestores a tendência é que as organizações venha a obter bons resultados e se destacar no mercado, sendo que o desafio dos Administradores consiste em fazer com que os colaboradores trabalhem em equipe, motivados e em sintonia respeitando as individualidades e diferenças de cada um atendendo aos objetivos organizacionais , gerando um bom clima e satisfação dos membros junto ao seu trabalho e à organização.

ExibirMinimizar
Digital