O que você têm é tudo aquilo que você precisa

Independente do que aconteceu, do que você não realizou, o que não conseguiu ou ainda, simplesmente desistiu porque o tempo se passou e suas forças diminuíram, já não importam mais

E então, com o coração cheio de pedaços espalhados no peito, você segue o caminho, com o olhar voltado no passado: nas oportunidades que perdeu, nos amores que não viveu, nas loucuras que não cometeu, nas palavras que não disse, nas vezes que se omitiu e o pior, em todas as vezes em que você foi o único responsável por não ter feito algo.
Eu sei que em muitos casos não temos o controle, não podemos interferir, mudar ou criar circunstâncias para que sejamos beneficiados de tal ato. E são justamente esses momentos que mais nos assombram. Friedrich Nietzsche deixa isso bem claro na frase: “Amamos mais o desejo do que o desejado”. Passamos a vida lutando por algo só pelo fato de conseguir ou ter à atenção que desejamos, mas quando conseguimos, descobrimos que não há o verdadeiro querer. Muito pior, não conseguimos fazer algo que para nós, não têm grande importância em um todo.
O que eu estou tentando dizer é que independente do que aconteceu, do que você não realizou, o que não conseguiu ou ainda, simplesmente desistiu porque o tempo se passou e suas forças diminuíram, já não importam mais. Você não pode continuar andando para frente com os olhos voltados para trás. É preciso olhar para o grande horizonte que se faz lá a diante e caminhar, um passo de cada vez.

A vida... A vida que você mesmo amaldiçoou a sorte várias vezes por não lhe conceder os desejos do seu coração, é a mesma que lhe traz oportunidades todos os dias. Para e pense! Olhe onde está, as coisas que possui, sua formação pessoal e profissional, entrelace todos os acontecimentos e pergunte-se: será mesmo que era para ser diferente? Saiba de uma coisa: você chegou até aqui por que foi assim que você planejou e construiu. E não estou falando das coisas que fogem do seu controle de decisão: desilusões amorosas, tragédias que mudaram o seu caminho, ou qualquer outro fato que não se pode controlar, mas estou falando do que você poderia ter feito e não fez.
E é tarde? É claro que não é, e nunca será. Enquanto houver um sopro de esperança em seu pulmão, sempre existirá a possibilidade de se fazer alguma coisa. Enquanto seus pensamentos emanarem coragem, fé e vontade de vencer, a vida lhe retribuirá todos os dias com oportunidades para conseguir o que você quer. Deixe que o desejo de viver ressoe em seu coração e valorize apenas o lado bom da vida.

Um dia você vai perceber que àquele sentimento por outra pessoa que tanto agulhava o seu coração era apenas uma frustração por não ter a pessoa desejada. Verá que o status que tanto buscava era apenas para massagear o seu ego, que alguns amigos eram apenas redes de contatos para se beneficiar, que muitas coisas que fez, ou deixou de fazer, não tinham importância alguma. E quando esse dia chegar, você terá aprendido que a vida é muito curta e que não podemos mais perder tempo e oportunidades por causa de bobagens.

Agarre! Segure forte essa oportunidade que a vida te dá. Aproveite essa oportunidade e agradeça. Não é perfeita. Não era o que esperava, nem tão bonita quanto imaginou. Mas é o que você tem agora. E amigo, é só o agora que importa. Ame a pessoa que está do seu lado. Trabalhe com afinco. Ajude a quem precisa. Doe-se sempre sem esperar nada além. Pode ser que você tenha outra oportunidade sim, por quê não? Mas também, pode ser que seja tarde demais.
Desejo que você encontre todas as respostas e consiga diluir todas as mágoas que possam existir em seu coração. Que você dê o primeiro passo com a cabeça erguida e olhos fixos no caminho que se faz à sua frente. Estufe o peito, sorria e siga. Você é muito mais do que aquilo que te convenceram a ser.
Publicado originalmente na plataforma Pulse, do LinkedIn
ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento