O que você faria com um milhão de reais?

John Rockfeller disse: "Nunca tive a ambição de fazer fortuna. Fazer só dinheiro jamais foi meu objetivo. Minha ambição foi sempre construir!". Qual o seu objetivo? Apenas conseguir dinheiro? Este pode não ser o objetivo correto

O que o dinheiro representa pra você? Fizeram - me esta pergunta há alguns anos atrás quando eu passava por uma crise financeira profunda. Hoje analiso a resposta que dei e vejo o quanto nossos objetivos podem nos atrapalhar ou nos ajudar.

Com o passar dos anos e depois de alguns treinamentos e reflexões, percebi que o fato de eu querer dinheiro e trabalhar muito por ele fez com que, depois de algumas decisões incorretas, eu entrasse em uma crise financeira muito séria.

Aprendi que a questão fundamental é a seguinte: a riqueza não se traduz em muito dinheiro. A verdadeira riqueza consiste em algumas mensurações que não são palpáveis: tempo, felicidade, união familiar, realização, saúde perfeita, etc....

Quando o nosso objetivo é o dinheiro como um fim em si mesmo, não temos a sensação de possui - lo. Pra que você quer acumular R$ 1.000.000,00? Não saber a resposta pode indicar que, dificilmente, você irá conseguir este valor. Por este motivo gosto tanto da frase de John Rockfeller: "Nunca tive a ambição de fazer fortuna. Fazer só dinheiro jamais foi meu objetivo. Minha ambição foi sempre construir!"

E você? O que pretende construir? Que legado pretende deixar? Muitas das pessoas que buscam o auxílio de planejadores financeiros, dentre outras questões mais técnicas, tem estas dúvidas. A busca do dinheiro como um fim em si mesmo não é suficiente. E posso afirmar isso por experiência própria. Não é a quantidade de trabalho que temos, mas a qualidade deste trabalho, aliada à necessidade de transmitir algo de bom para a sociedade que faz a diferença.

Antes da minha crise, trabalhava o dobro do que trabalho hoje. Vivia mais doente e não conseguia resultados financeiros significativos. Podem acreditar que hoje eu penso nesta crise como algo maravilhoso que me aconteceu. Nela, pude aprender coisas muito valiosas sobre a utilização do dinheiro com verdadeiros mestres e amigos que ganhei.

Hoje, trabalho menos, pratico esportes com frequência e me entrego a outros prazeres saudáveis que antes não tinha como aproveitar dada a vida que eu tinha de trabalho intenso.

Aproveito tudo o que aprendi e continuo aprendendo com os meus clientes e amigos. E, desta forma, procuro repassar para que pessoas que estejam nas mesmas condições em que eu me encontrava, mostrando que sempre podemos nos melhorar e melhorar a qualidade da nossa vida financeira independentemente da nossa situação atual.

Não sabe por onde começar? Aí vai uma orientação muito valiosa: Comece pelos seus pensamentos! Tudo começa por um desejo!

O que você deseja? Com que intensidade você deseja? O que você está disposto a fazer para conseguir (legalmente, é lógico!)? Quanto tempo você está disposto a empenhar nesta empreitada?

Uma leitura muito importante neste caminhada é a obra de Napoleon Hill. Faça - os seus livros de cabeceira! Você não se arrependerá.

Desejo muita felicidade e porsperidade!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento