O que podemos aprender sobre gestão estratégica empresarial com o filme "Vida de Inseto"

No dia a dia empresarial, ouvimos muitas vezes aquela frase que “Em time que está ganhando não se mexe”. Então, será que você é resistente à mudança?Confira

Olá!!! Sou eu, Kátia Meireles através da Key Auspicious Management Treinamento e Consultoria.

Que tal começando a assistir um pequeno trecho do filme Vida de inseto?

Se observarmos com cuidado, percebemos que nós, seres humanos, em algum momento de nosso cotidiano empresarial, apresentamos os mesmos comportamentos assinalados neste pequeno trecho de forma bastante sutil , tais como:

  1. Crenças Limitantes
  2. Criatividade e Inovação x Resistência à Mudança

No dia a dia empresarial, ouvimos muitas vezes aquela frase que “Em time que está ganhando não se mexe” e quando nos damos conta, já perdemos uma parcela do mercado para o concorrente, perdendo a oportunidade de inovar a fim de otimizar recursos, tempo, dinheiro e até, qualidade.

É somente observar o Flick com sua tremenda invenção e, a dificuldade de implantá-la, pois as formigas à sua volta tem medo da mudança... é nós, será que também somos resistentes à mudança? Quais as crenças limitantes que incorporamos no decorrer de nossa carreira profissional ou vida pessoal, que dificulta o desenvolvimento de nossa criatividade?

A resistência à mudança é comum a todos os seres humanos, em maior ou menor grau e, dependem exclusivamente de como se gerenciou e internalizou as situações de conflito, riscos e sucesso durante sua experiência de vida.

As frases mais utilizadas quando em atitude resistente e que auxiliam a identificação de bloqueios e medos mais usuais no ambiente empresarial:

  • Ahhh, isso não é comigo...
  • Não é problema meu...
  • Não faz parte do meu trabalho...
  • Não é responsabilidade minha...
  • Tentar para que? Isso não funciona em nossa empresa...
  • Você tem razão, mas estamos bem desse jeito...

Outra questão é que algumas vezes, nos dedicamos a questões irrisórias nos distanciando do problema real e perdemos o foco, tal como a folha que cai no chão, que leva a pequena formiga ao desespero.

Mas, se temos uma boa liderança e com uma visão sistêmica, os riscos são minimizados e o sucesso do empreendimento é atingido. Porém, se temos uma liderança ainda despreparada para os desafios que se apresentam no decorrer de suas atividades, a pressão emocional pode levar a equipe ao fracasso (o que pode ser observado no comportamento da Princesa Ada).

Portanto, abaixo relaciono algumas práticas gerenciais que são utilizadas em ambientes de constante estímulo à criatividade e, que inclusive, impactam positivamente na motivação pessoal e empresarial:

  1. Ter liberdade e autonomia, considerando as devidas alçadas de decisão.
  2. Encorajar os gerentes imediatos a efetuar a transição de uma gestão reducionista e fragmentada para uma visão holística, integrada e mais flexível.

Espero que estas informações façam você pensar, refletir e tomar decisões em prol da criatividade e inovação, sem medo de ser feliz! Isto porque, elas são fundamentais para que você e sua empresa possam crescer e se desenvolver em um ambiente de incerteza, instabilidade e imprevisibilidade! Só depende de VOCÊ...

Percebemos, que neste pequeno trecho do filme ainda tem muito mais a ser discutido e, no momento que você começar a acompanhar as minhas dicas no blog da Key Auspicious Management Treinamento e Consultoria, vai querer imediatamente estimular sua visão estratégica através dos filmes e, a partir daí, viabilizar o aprendizado necessário para as mudanças e realização de objetivos pessoais e empresariais.

Por este motivo, é necessário acreditar em si, no seu potencial e nos métodos utilizados para gerenciar o trabalho em equipe e, principalmente, no poder da inovação.

Então, está preparado para a mudança ou prefere ficar preso aos estímulos do passado?

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento