O que é que a WeWork tem?

Qual é o segredo do sucesso da WeWork? Veja o perfil desta startup, que começou com um ‪coworking‬ ‪ecofriendly‬ em NY, e hoje está presente em 7 países

O interualla.co, rede que conecta empreendedores, executivos e empresas a espaços de trabalho compartilhados no Brasil e na América Latina, foi investigar qual é o segredo do sucesso da startup de coworking mais valiosa do mundo.

Dizer que a WeWork é uma startup que aluga locais de trabalho para outras startups, além de freelancers em geral, é raso demais para definir este projeto que nasceu em 2010 e, atualmente, é avaliado em US$ 16 bilhões. Se a empresa começou apostando todas as suas fichas no coworking, hoje já ampliou o seu modelo de negócio para pelo menos outras duas frentes; rede de relacionamentos profissionais e coliving.

Os números falam por si só: presença consolidada em 7 países (Estados Unidos, Israel, Canadá, China, Alemanha, Holanda, Inglaterra), prestes a abocanhar outros 4 territórios (México, Índia, Austrália, Coréia do Sul, além de reforçar presença na China), mais de 460 mil metros quadrados de locais de trabalho compartilhado, divididos em 88 escritórios em todo o mundo. A We Work também é a sétima no ranking do Clube das Startups de Bilhões de Dólares (à frente de grandes nomes como Pinterest, Dropbox ou Spotify), além de ocupar o lugar mais alto no pódio das startups mais valiosas de Nova York.

O crescimento inteligente e diversificado afasta qualquer especulação sobre a capacidade de sustentar esta ascensão tão vertiginosa. A startup não para de subir e com o recente investimento de US$430 milhões não vai ser difícil manter este ritmo.

Como tudo começou?

De um lado, o proprietário de uma loja de roupas para bebê, do outro, o arquiteto de um estúdio pequeno. O rumo da trajetória profissional de Adam Neumann e Miguel McKelvey, idealizadores do We Work, mudou quando eles se encontraram em um prédio no Brookllyn, em Nova York. Ambos alugavam espaços ali e atentaram para o fato de ter várias salas desocupadas, que poderiam ser aproveitadas se compartilhadas por empresários no começo de carreira. Assim surgiu, no primeiro andar daquela construção, o coworking Green Desk, embrião da startup mais poderosa da cidade.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento