O que aprendi no mundo empresarial

Quando eu era jovem aprendiz e não era chamado para reuniões importantes, logo, não tinha tanto contato com pessoas de altos níveis hierárquicos, me perguntava: o que será que esses caras falam em reuniões? Como se comportam?

Quando eu era jovem aprendiz e não era chamado para reuniões importantes, logo, não tinha tanto contato com pessoas de altos níveis hierárquicos, me perguntava: O que será que esses caras falam em reuniões? Como se comportam? Será que encenam algum personagem nas reuniões? Reunião deve ser uma coisa onde ficam o tempo inteiro discutindo, será que aumentam o tom de voz? Será que brigam com frequência?

Com o passar dos anos, estagiei em outra empresa, fui freelancer em outra, até que fui efetivado na atual empresa que me encontro, e pensei: bom agora vou participar de reuniões importantes e entender como é que funciona. Para a minha surpresa, ao começar a conversar com pessoas de níveis hierarquicos superiores, comecei a notar que ao contrário do que eu imaginava, tais pessoas não eram "bravas", mas sim muito atenciosas e simpáticas.

Foi então que participei da minha primeira reunião importante, e notei que o que eu imaginava era completamente o contrário, ao invés de reunião tensa, com discussões (brigas), notei um ambiente super descontraído, e com pessoas sendo elas mesmas, em clima amistoso, todas com um objetivo de alinhar expectativas/objetivos,

Após observar essas situações pude perceber que as reuniões empresariais são como conversas cotidianas que temos com nossos amigos/familiares, porém com um propósito de alinhar expectativas/objetivos organizacionais, ou se for o caso resolver problemas, isto posto, chego a conclusão que devemos ser o que somos tanto em reuniões, quanto no dia a dia na empresa.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento