O poder do exemplo

Em minha adolescência recebi um dos conselhos que me marcou muito quando estava em dúvida sobre o que eu poderia fazer para ajudar uma pessoa próxima. Disseram-me “O melhor que você pode fazer é dar o seu exemplo”. E desde então assumi essa atitude como um lema em minha vida

Em minha adolescência recebi um dos conselhos que me marcou muito quando estava em dúvida sobre o que eu poderia fazer para ajudar uma pessoa próxima. Disseram-me “O melhor que você pode fazer é dar o seu exemplo”. E desde então assumi essa atitude como um lema em minha vida.

Querendo ou não somos observados, testados ou desafiados todos os dias. Não que tenhamos que nos preocupar com que os outros pensam sobre nós e agir como tal, mas sim nos preocupar com o que pensamos, o que queremos e transmitimos a respeito de nós mesmos.

Por exemplo, todos nós queremos ser respeitados, queridos e bem tratados. Reconhecidos pelo que somos e pelo que fazemos. Mas será que somos fieis a nós mesmos com o que acreditamos? Somos congruentes em nossa vida?

Quando digo congruência me refiro à coerência de fazermos aquilo que dizemos. Assumir um compromisso e cumprir. Reconhecer quando não estamos prontos ou precisamos de ajuda. Agir de forma assertiva. Pois são nesses momentos que somos mais observados e de alguma forma influenciamos quem está a nossa volta e acabamos sendo tratados conforme a energia que transmitimos. Então, se você quer ser bem tratado, seja gentil com o próximo e consigo mesmo.

Quando atuamos em uma posição de liderança a atenção sobre nossas atitudes são muito mais intensificadas. Pois, por definição essa atenção que despertamos em quem nos rodeia é o que os inspira e em alguns casos o que os move. Seja para bons ou maus resultados.

Por isso vale a pena se conhecer, cultivar bons hábitos, se cuidar e cuidar de quem está a sua volta mesmo que seja de uma forma indireta, dando seu exemplo.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento