Café com ADM
#

O mistério das Home Pages

Costumo dizer que muitas das minhas produções textuais têm por qualidade peculiar, serem confeccionadas durante o silêncio substancial das madrugadas que passo às claras...(são exatamente 00h: 45min de 09/03/2005).Deveria estar nos braços de MORPHEU, mas não tenho sono... Por esta razão eis que aqui me encontro, pronta a mais uma dessas missões...nesta noite quente, onde até mesmo a chuva lá fora (que já parou) tenta incansavelmente driblar este intenso calor... Não sei se alguém vem me visitar nesta home...No entanto, não foi essa minha real intenção (de primeira) ao resolver ter uma página somente minha. Existem determinados momentos em que se faz necessário obtermos um espaço unicamente nosso (além de nosso próprio quarto).Um local sagrado onde cada ser humano possa expor seus mais absurdos pensamentos e até mesmo suas mais esdrúxulas manias ou idéias.Portanto, eis me aqui, pronta a enfrentar esse tão satisfatório confessionário. Encará-lo realmente não é uma tarefa tão simplória assim...(apesar de que aqui somente estão presentes duas manifestações de vida, eu e meu computador. Sim, manifestação de vida: Meu Computador!)! Criei homes e agora sinto-me, sinto-me...como deveria me sentir? Amedrontada? Se tudo já é personalizado, porquê muitos ainda tem medo disso?(Boa pergunta). As pessoas costumam não ter medo de ter um Personal Trainer (pelo contrário, pagam numerários absurdos por um), já é praticamente impossível não ter um Personal Computer, ou simplesmente um PC, se é assim, por quê existem aqueles que tem pavor às páginas pessoais?Será medo de se expor ao ridículo?Ou medo de que os outros os conheçam? Sim, talvez seja medo de tornar pública sua figura a TODO O MUNDO.Sim, talvez seja mesmo isso...Sim, sim, sim...e o que dizer das mentiras?Oh, claro...a internet é o meio mais ávido em veiculação de falsas propagandas, eu mesma, quem poderá lhes garantir que este texto é de minha autoria?Hein?Estranho não é mesmo?Mas eu agarantho (made in Casseta&Planeta, Seu Creysson) esse texto é MEU! Tudo tem dois lados, menos na música do Skank... A Internet não é exceção à essa regra, NADA É. Assim como existem falsas propagandas espalhadas pelos pop-us e em homes aos milhares, há também uma proliferação de conteúdos essenciais e importantíssimos para a apreciação da humanidade.A obtenção desses conteúdos depende apenas da mente (quando usada!) de uma peça que há entre o computador e a cadeira: o navegador! É a maravilha da atualidade: TECNOLOGIA! Todavia, voltando ao assunto de origem...(outra peculiaridade minha, às vezes escapo!)! WWW : Eu criaria home pages,mas não sei o que elas comem. Do ponto de vista analítico crítico essa frase tem um quê de medo, concordam? É bem típico do que foi descrito acima.Retirei-a de uma home destinada à publicação de fotos pessoais.Um dos meios em quê DE FATO, as pessoas não costumam ser possuídas pelo medo da exposição.Pelo contrário...se expõem mesmo!Certas vezes da mais hilária forma que se pode imaginar!Eu bem sei!!! Por isso decidi ter minhas próprias homes!!!!Sei bem que elas se alimentam de meus textos, minhas poesias e que muitas vezes acabam tendo que fazer um forçado regime!(geralmente causado por um pequeno transtorno em meus horários).Costumo dar a elas uma pitada de meus devaneios, minha loucura, minhas gracinhas e brincadeiras...apenas para que elas não cresçam rebeldes!Claro, sempre com bom humor.Contudo, não esqueço de dar-lhes sempre, uma boa dose de maturidade para que elas tenham conteúdo a fornecer aos visitantes, algo a mais que um simples layout atraente.É essencial para que tenham o agrado de quem quero atingir. Se tenho medo de fazer exposição de minha figura?Ora, ora...que pergunta essa...medo por quê e para quê? Se fosse assim, estaria frita, ou melhor, torrada!Afinal, são flogs, são blogs, inúmeras homes que criei (e crio) e alimento! : ) No fundo a imaginação humana é o que nos torna os seres que mais tememos ser. Até que alguém exponha seu pensamento em relação a outrem nunca se saberá o que se passa dentro de sua caixa de Pandora pessoal! (Nunca, a não ser que você leia pensamentos, se lê, por favor, me mande um e-mail! Rs.). Segundo uma citação que capturei de um apresentador de televisão nesta mesma noite passada: muitas das vezes julgamos a qualidade de um livro pela capa. Isso me chamou a atenção porque é verdade, é fazendo a degustação das páginas que encontramos o real intuito do conteúdo impresso. (No mundo real aqui fora, as coisas não seguem bem essa seqüência quando se tem um bom par de pernas e/ou um bumbum empinado. Infelizmente a realidade costuma ser essa em muitos mundos reais). Ninguém jamais agradará ninguém por completo, por dentro somos uma pessoa, para os outros que nos são estranhos podemos apresentar bilhares de imagens, depende da imaginação do observador.Somente para os que são conhecidos e amigos é que somos bem mais, que este pedaço de carne que pode se mover, pensar e falar. É tão simples isso...e tão complexo ao mesmo tempo... Então, já tem seu blog? Seu flog? Afinal, já pensou em criar sua home page? Diga, você tem medo de se expor ou está fazendo charme? Coisas boas, engraçadas e até ridículas devem ser veiculadas para que as pessoas apreciem ou pelo menos tenham algo mais a falar uns aos outros!Já dizia Chacrinha: Quem não se comunica (e eu acrescento: de alguma maneira) se trumbica! (01h: 57min em 09/03/2005). Use sua mente, deixe-a fluir de uma maneira positiva... Emília Tainah Amorim Estudante do 3º período de Administração -UFPI
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.