Café com ADM
#

O jovem no mercado de trabalho

Diante das inúmeras mudanças existentes no mercado de trabalho no mundo atual existe ainda o problema que até então as mudanças não forma capazes de absorver, que é o de ingressar o jovem no mercado de trabalho. Não me refiro somente a primeira oportunidade mas também ao comprometimento das empresas em socializar esses novos colaboradores de seu trabalho no mercado. A toda procura encontra-se sempre a mesma pergunta: você tem experiência profissional? Ai está o grande constrangimento dos entrevistados, por que na grande maioria das vezes ele está buscando justamente isso. Como ter experiência se só busca para dentro de uma empresa que já a tem? Quantos talentos já foram desperdiçados por falta de uma política adequada voltada para a absorção de novos membros a organização? A questão torna-se bem mais profunda por que existem empresas que até contratam jovens sem experiência mais avaliam o seu grau de dificuldade e acabam o devolvendo a novas procuras, pois não há um comprometimento com a permanecia desse jovem na organização. Aqueles que são absorvidos acabam tornando-se frustrados e muitas vezes traumatizados para essa longa viagem que durará no mínimo 35 anos em um mercado cada vez mais competitivo e desumano. O Zico, por exemplo, tentou iniciar sua carreira no clube de regatas Vasco da Gama e não foi aceito por não ter o perfil da profissão e depois entrou no Flamengo e foi avaliado não pelo perfil da profissão mais sim pela sua perspectiva de crescimento dentro da sua profissão e a prova disso é que mais tarde ele se tornou um dos maiores jogadores do Brasil e do mundo, no Vasco o que faltou foram pessoas com visão para reconhecer naquele candidato o potencial que ele continha, e foi no Flamengo que foi visto que ele não tinha os pré-requisitos necessários a vaga mais houve um comprometimento e investimento para que ele viesse a tornar-se o grande profissional que ele veio a ser. Quantos Zicos já passaram pela sua empresa e você não teve a visão e o comprometimento de condiciona-lo a ser um grande profissional? Deve se rever os critérios utilizados na seleção de pessoas para as empresas e uma reciclagem dos profissionais envolvidos nesse processo. O ingresso do jovem no mercado de trabalho é responsabilidade do governo e das organizações por que é para isso que eles se preparam, para servir da melhor forma possível a sociedade.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.