O homem que virou Spam

Pedro, assim será chamado e representará o grupo de amigos que reclamam do ostracismo após a aposentadoria. É usual empregarmos a palavra ostracismo para designar pessoas que caíram no completo esquecimento.

Pedro, assim será chamado e representará o grupo de amigos que reclamam do ostracismo após a aposentadoria.

É usual empregarmos a palavra ostracismo para designar pessoas que caíram no completo esquecimento.

Nas nossas aulas de história, no ensino médio, tivemos nosso primeiro contato com o conceito, lembra?

O ostracismo era uma punição política, inicialmente empregada em Atenas. Considerava a expulsão e exílio por dez anos.

O termo ostracismo deriva do grego "ostraka", que significa caco ou pedaco de cerâmica em forma de concha. Como o papel não era um material comum na Grécia, os atenienses usavam pedaços de cerâmica para realizar a votação.

O político que houvesse proposto projetos e votações para benefício próprio era candidato certo ao ostracismo. Interessante, não?

Deixemos de lado essa prosa e voltemos a Pedro, afinal este representa extensa classe à procura de sentido!

Pedro, triste e sem objetivos, reclama da injustiça do esquecimento. Sua memória é fraca, pois a sua safra é resultado de seu cultivo.

Interessado na carreira, não era afeito à conversa mole, nem a papos de negócios. O negócio de Pedro era resultado.

Tomar café com Pedro, jamais! Café se toma na padaria e em casa...

Pedro não se dá conta que não foi esquecido pela aposentadoria, já estava esquecido na imponência de sua sala.

Pedro confundiu-se com o seu cargo. O CEO Pedro, sem o prenome, deixou de existir.

Na sociedade civil, o apelido de família ou sobrenome, como costumamos tratar, é de fundamental importância, mas não na sociedade empresarial. Lá o prenome é a referência.

O prenome, também denomiado nome próprio ou primeiro nome precede o sobrenome ou apelido de família, que estabelece o registro de origem.

Na sociedade civil, o sobrenome é importante porque seus integrantes estão interessados nas raízes, enquanto na sociedade empresarial o prenome é preponderante, porque seus integrantes estão interessados na situação.

Na sociedade civil, Pedro da Silva, em muitos lugares será chamado Silva , por importância e distinção. Na sociedade empresarial o termo CEO supera seu bastismo, Pedro.

Pedro sempre esteve presente na sociedade empresarial, mas não na civil, e não se deu conta.

A sociedade civil é repleta de conversa mole, para boi dormir e produz um enorme desperdício de conversas. Esta não nos obriga a efetivos compromissos e resultados em muitos encontros.

A sociedade civil está interessada na qualidade "da vida", e, ainda que desobrigada, resultados produza.

Onde esteve Pedro esses anos todos? Afinal passaram-se três décadas até a aposentadoria.

Na realidade, não esteve.

E-mails de amigos ao CEO Pedro, em seu sistema empresarial, eram considerados Spam. Hoje, Pedro da Silva, é Spam no sistema civil.

O termo Spam, abreviação em inglês de "spiced ham" (presunto condimentado), é uma mensagem eletrônica não-solicitada. Hoje, pelo rigor, não necessariamente enviada em massa.

Pedro, no café da padaria e em casa, pelo distanciamento, sente-se deslocado e uma visita não solicitada.

Pedro, com tristeza, me disse que agora se deu conta que é o homem que virou Spam!

Ivan Postigo

Diretor de Gestão Empresarial

Articulista, Escritor, Palestrante

Postigo Consultoria Comunicação e Gestão

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento