O futuro que está sendo inventado
O futuro que está sendo inventado

O futuro que está sendo inventado

A ubiquidade das comunicações, veículos de alto desempenho e não-poluentes, colonização de outros planetas e o prolongamento da vida humana são alguns projetos que já estão sendo desenvolvidos

Se Marty McFly e Doc Brown estacionassem o DeLorean em nosso 2015, não só encontrariam os skates voadores e filmes com sequências intermináveis como também carros elétricos, iniciativas grandiosas para conquistar o espaço e projetos que estudam maneiras de enganar a morte. Pessoas inteligentes de verdade, como disse o informático Alan Kay, com um financiamento razoável, podem fazer praticamente qualquer coisa que não viole muitas das Leis de Newton.

Não temos carros voadores como De Volta Para o Futuro imaginou, mas pessoas inteligentes inventam e, enquanto uma certa invenção chamada internet se espalha por todos os cantos do mundo, a administração põe em prática algumas ideias ambiciosas que constroem um futuro para nenhum filme de ficção científica colocar defeito.

Entre essas ideias estão a internet global – por incrível que pareça, 4,4 bilhões de pessoas no mundo não têm acesso à rede mundial de computadores –, o ressurgimento dos transportes elétricos, a colonização de outros planetas e o prolongamento da vida humana – quiçá imortalidade. Não se trata de mera especulação: esses projetos ambiciosos já estão sendo desenvolvidos, e devem apresentar resultados palpáveis em alguns anos. Na matéria de capa da Revista Administradores #38 mostramos como esse futuro já está sendo construído.

Outros destaques

Já ouviu falar na Lei Emergencial para o Crescimento e Orçamento (LECO)? Analisamos a proposta, que equivale ao advento do Plano Real, e apontamos porque ela tem pressupostos fundamentais para o orçamento público. Com uma recessão de 4,5% batendo à porta e previsão de mais impostos, não é um projeto para ser recusado.

Na seção Conversa, entrevistamos a empreendedora Robin Chase, que criou um serviço de compartilhamento de caronas dez anos antes da fundação do Uber. Chase, que lançou recentemente no Brasil o livro Economia compartilhada, fala sobre um modelo de negócios que subverte totalmente a teoria da competitividade tradicional.

Se você não é assinante, pode acessar a versão gratuita, com uma parte do conteúdo disponível na íntegra. Para os assinantes do Plano Premium, o acesso à edição #38 e às demais edições é ilimitado.

ExibirMinimizar
aci baixe o app