O futuro do marketing é pessoal #SeLiga
O futuro do marketing é pessoal #SeLiga

O futuro do marketing é pessoal #SeLiga

Os clientes de hoje em dia já não compram como antigamente. Por isso, as estratégias de marketing das organizações precisam ser repensadas para garantir o envolvimento destes novos perfis de compradores

Se, antigamente, as propagandas voltadas para as massas tinham resultados satisfatórios nas vendas das empresas, atualmente o efeito já não é mais o mesmo.

A internet mudou os hábitos e o comportamento das pessoas, que encontraram na rede o espaço ideal para interagir mais com as marcas e com outros consumidores.

A consequência disso é a necessidade de investimento na personalização do cliente: o futuro do marketing. Saiba mais sobre o assunto!

Marketing Pessoal

O marketing pessoal tem como principal característica o foco na individualidade. Segundo esta tendência, as pessoas não podem mais ser segmentadas por grupos, e sim ter suas necessidades pessoais compreendidas pelas empresas.

Antigamente, as propagandas abrangiam uma infinidade de perfis e atendiam as expectativas das organizações. Desde que a internet passou a fazer parte do cotidiano das pessoas, esse tipo de publicidade perdeu a eficiência.

Os clientes ganharam voz e diferentes canais de comunicação pelos quais podem dialogar com as empresas e com outros consumidores. Mas não basta compartilhar opiniões, os novos perfis de compradores querem ser ouvidos pelas marcas e receber uma resposta, de preferência imediata.

Personalização do Cliente

Um dos principais indicadores da necessidade de personalização do consumidor é a crescente venda de smartphones. Mesmo com a recente crise em nosso país, estes aparelhos ainda são sucesso de vendas: cerca de 14 milhões de smartphones foram vendidos no Brasil só no primeiro trimestre de 2015.

Mas porque estes aparelhos vendem tanto? Porque as pessoas têm uma necessidade cada vez maior de ficarem conectadas, interagindo com amigos, colegas e empresas.

As organizações, por sua vez, devem responder às interações oferecendo experiências personalizadas para seus consumidores! Isso é essencial para garantir o engajamento do cliente com a marca.

Um exemplo é o e-mail marketing, ferramenta utilizada por muitas empresas atualmente. Diariamente um consumidor recebe um considerável número de mensagens eletrônicas enviadas pelo setor de marketing das organizações.

Se a marca não investe em personalização, é pouco provável que o cliente sequer abra o e-mail recebido. Mas, se as mensagens são separadas por perfil de comportamento de compra, o conteúdo do e-mail será mais útil para o internauta, que desenvolverá um interesse pelas mensagens enviadas pela empresa.

Oferecer para o cliente ofertas personalizadas e uma experiência exclusiva de compras são ações importantes para fortalecer os laços entre consumidor e marca.

Não é à toa que as grandes empresas já investem no marketing pessoal. Segundo pesquisa realizada pela empresa de consultoria Gartner, até 2018 as empresas com estratégias personalizadas para seus diferentes clientes perceberão um aumento de até 30% em suas receitas.

Um novo conceito de marketing explica bem esta nova realidade na qual as empresas precisam se adaptar: o H2H. Por muito tempo, os consumidores foram segmentados em dois grandes grupos, o B2B e o B2C.

Enquanto no primeiro ficavam as empresas (Business to Business), no segundo estavam os consumidores finais (Bussiness to Consumer). Esta divisão não atende mais a necessidade do marketing atual, em que é preciso um planejamento mais personalizado. Para isso, um novo conceito surge para substituir as antigas siglas: o H2H.

H2H é o marketing voltado para o ser humano, o Human to Human. É uma evolução na comunicação das empresas, que agora precisam falar com cada indivíduo de igual para igual, respeitando sua personalidade e necessidades específicas. É uma comunicação mais simples, mais humana e mais customizada.

Personal Branding - Gestão da Marca Pessoal

O futuro do marketing das empresas é também um indicativo do quanto é importante para o profissional que busca destaque investir em sua marca pessoal. Personal Branding é um tema de crescente interesse pelo mundo. Observe na imagem do Google Trends (ferramenta que mostra os termos mais procurados no Google) o quanto a procura pelo assunto cresceu nos últimos dez anos:

(Fonte: Google trends)

A tendência é que o interesse pelo marketing pessoal, uma forma pela qual os indivíduos podem se diferenciar ainda mais no mercado, continue crescendo!

Portanto, o momento não poderia ser mais oportuno para investir em personal branding, fortalecer sua marca pessoal e ganhar destaque tanto online quanto offline. Até a próxima! =)

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento