O dia que comecei a utilizar bengala.

Utilizando bengala a população te respeita mais pois fica implícito que e tenho que caminhar devagar.

Porto Alegre,07 de fevereiro de 2019.

Antes de comprar a bengala tive que perguntar ao médico se a utilização da mesma era apropriado para mim. Fui ao consultório dele e conversando sobre o assunto ele,o médico, me autorizou a utilizá - la. Então no dia 10/03/2017 comprei -a e comecei a utilizá - la. Logo percebi diferença nas ruas da cidade e quanto ao meu espaço na calçada. Qdo eu caminhava normalmente na calçada sem a bengala as pessoas em geral nem me davam bola, elas até batiam em mim e nem estavam aí. Qdo comecei a utilizá - la, até um simples pontapé na bengala me pediam desculpas. O dia que aconteceu este fato, eu estava atravessando a rua. Primeiramente achei estranho mas, depois entendi que a bengala é a minha segurança ao caminhar. Por esta razão é que me pediram desculpas por ter acontecido este fato.

Nós que utilizamos bengala temos também que ficar atentos aos buracos nas calçadas e no meio da rua para não cairmos com a bengala junto. Sei que existe diversos tipos de bengalas para cada tipo de deficiência. Vou procurar todos os tipos que existem e qdo eu encontrar coloco aqui para vcs.

O importante é a prefeitura de cada cidade faça a parte dela e, as pessoas que moram em casas e apartamentos tem que se comprometer a manter as calçadas em ordem e a prefeitura tem que inspecionar as mesmas e fazer com que os proprietários as arrumem. Só assim toda a população será beneficiada, pcds,idosos,cadeirantes e população em geral não teriam problemas de queda se uns respeitarem o espaço dos outros.

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Luiz Dourado

    Luiz Dourado

    Sou casado,tenho um filho de 15 anos;me formei em Bacharel de Administração de Empresas pela Faculdade São Judas Tadeu no ano de 1987. Desde então,comecei a trabalhar como auxiliar administrativo nas empresas.
    O mais próximo que eu tive da minha profissão foi quando fiz um trabalho na empresa Altus de Analista de RH. Atualmente sou Assistente de Administração I no SERVIÇO SOCIAL DA INDÚSTRIA, aqui em Porto Alegre.

    café com admMinimizar