O ciclo do planejamento estratégico das organizações

O Planejamento Estratégico elaborado em “10” etapas, começa pela definição do negócio, onde são estabelecidos os propósitos do negócio, o ramo do mercado em que a empresa atua ou irá atuar, os produtos oferecidos ao mercado e as necessidades dos clientes que se pretendem atender

A função do Planejamento Estratégico é escolher os objetivos maiores das organizações, as estratégias a serem adotadas, para se alcançarem esses objetivos e na definição da fonte de recursos.

O Planejamento Estratégico se materializa através do plano formal estratégico, construído pelos Diretores e Presidente no nível (1) da organização. Igor Ansoff (1965), um dos maiores pensadores do Planejamento Estratégico, tornou-se popular criando a ideia de construção de cenários, com o intuito de visualizar estados alternativos da situação futura de sua empresa. Steiner (1979) , afirmou que todas as estratégias precisam ser divididas em subestratégias para o sucesso da implementação. Para Ansoff, no planejamento de cenários, o importante é conhecer as forças impulsivas do ambiente, começando pela dinâmica social, como os novos valores e estilos de vida dos jovens, o aumento da expectativa de vida da população. Tem também as questões econômicas, políticas e tecnológicas.

O Planejamento Estratégico elaborado em “10” etapas, começa pela definição do negócio, onde são estabelecidos os propósitos do negócio, o ramo do mercado em que a empresa atua ou irá atuar, os produtos oferecidos ao mercado e as necessidades dos clientes que se pretendem atender.

Na 2ª etapa, vem a análise do macroembiente, do ambente externo, fazendo um levantamento das forças ambientais que afetam a empresa.

Na 3ª etapa, o empresário analisa o microambiente, o ambiente operacional da sua empresa, no instante que ele define o produto ou serviço que val colocar no mercado. Pincipalmente procurando conhecer as forças e fraquezas dos concorrentes, fornecedores.

Na 4ª etapa, procura-se identificar os cenários, com a previsão da evolução das fatores que influenciam o dsempenho da empresa.

Na 5ª etapa, é importante definir os valores éticos que norteiam as atividades da empresa. E nas etapas finais, a construção da missão, visão, objetivos, metas e estratégias. Defina claramente a missão e a visão de sua empresa, procurando destacar suas principais características.

Enquanto que a missão identifica o negócio, a visão é o que se sonha para o negócio. A missão é a partida, a visão é a chegada. A missão identifica “quem somos”, a visão projeta “quem desejamos ser”. A missão é a “carteira de identidadee da empresa”.

A visão é “o passaporte “ para o futuro.” Exemplo clássico de missão e visão de O Boticário: Missão: “Criar produtos e serviços que enalteçam a beleza e promovam o bem-estar das pessoas, traduzindo essa intenção em valores percebidos pelos clientes, para conquistar a sua fidelidade e assegurar o crescimento e a rentabilidade do negócio” Visão: “Ser reconhecido por colaboradors, parceiros, cleintes e segmento onde atua como uma das mais importantes referências mundiais em beleza e fazer que suas ações para a preservação da vida estavbeleçam uma forte identificação com a sociedade”. A missão gera benefícios para o sucesso da empresa. Como atrair e motivar os talentos, orienta na formulação dos objetivos e ajuda a aumentar a produtividade. A visão projeta o futuro da empresa, como uma maneira de controlar seu próprio destino. As estratégias estão associadas a objetivos e mostram como a empresa vai empregar seus recursos para atingir seus objetivos. Se o objetivo é aumentar 10% as vendas do produto “X”, a estratégia é poder ampliar Y% a quantidade de vendedores.

Na definição das metas, é preciso focar no que é realmente importante, você deve ter metas “SMART” S=Específicas e mensuráveis. Seja bem específico quanto à área que precisa melhorar. “Se você não puder medi-lo, não poderá gerenciá-lo”.

M=Motivadoras e estimulantes. As pessoas, os colaboradores precisam saber por que a tarefa é importante, e que suas ações fazem a diferença.

A= Alcançaveis. O que motiva as pessoas são metas razoalmente difíceis, mas alcançáveis. As pessoas gostam de metas que as desafiem, mas que não sejam impossíveis de realizá-la.

R- Relevantes. Observar a regra 80/20. Cerca de 80% do desempenho que o gerente quer das pessoas provêm de 20% das atividades nas quais elas podem se envolver.

T=Tempo. Quando estipular a meta, o gerente deve ser capaz de medir ou verificar o desepenho com ferquência. A gerência deve estabelecer metas intermediárias para que possa elogiar o progresso das pessoas ao longo do caminho. Os objetivos são definidos para depois escolher as estratégias, com uma programação de execução para estipular que resultados devem ser alcançados. Se o objetivo é aumentar as vendas da empresa em 10%, as metas estipuladas para o departamento de vendas é 2% no 1º. trimestre; 4% no segundo trimestre; 3% no 3º. trimestre e 1 % no quarto trimestre. Os objetivos da organização devem ser desafiantes e claros, explícitos e concisos. Têm um prazo para acontecer e acabar, e dizem respeito a resultados, à situação a que a organização quer chegar.

As noções de objetivos e estratégias se complementam: Os objetivos mostram onde se quer chegar; a estratégia, como lá chegar

ExibirMinimizar
Digital