O Brasil, o trabalho e seus jovens estudantes
O Brasil, o trabalho e seus jovens estudantes

O Brasil, o trabalho e seus jovens estudantes

No Brasil temos 10x mais estudantes de Direito que estudantes de tecnologia

Os Países desenvolvidos estão focados em ensinar seus jovens engenharia, ciência da computação, robótica, inteligência artificial, realidade aumentada, big data e etc, aqui no Brasil os jovens ainda estão focados em estudar cursos que preparam para concurso ou supostamente “mais fáceis” para conseguir emprego formal e rápido. O que em minha opinião é um equívoco pois não prepara para necessidades do mercado no presente e principalmente, não prepara para os novos postos de trabalhos do futuro.

Se for analisar as profissões do futuro, basta pensar em como os sistemas e robôs substituirão funções hoje executadas por profissionais. Funções repetitivas, manuais e intermediárias já estão e serão substituídas por automatização em todos os níveis.

Exatamente por isso, nos Estados Unidos e China os cursos mais concorridos são cursos de Exatas, como de Tecnologia, Engenharia e Negócios. Aqui no Brasil são cursos de humanas e Sociais, como Direito, Pedagogia e Serviço Social. Os cursos de Exatas no Brasil, são procurados, mas como tem menos vagas nas universidades públicas e reprovam mais, geram menos profissionais nessas áreas.

Só para ter uma ideia, no Brasil temos 10x mais estudantes de Direito que estudantes de Tecnologia. São mais 1.240 cursos de Direito no Brasil contra 1.100 no resto do mundo. Ou seja atualmente deve ter mais de 1.3 milhões de estudantes de Direito. Devemos ser o País dos processos! Mas lembro que a Tecnologia já chegou nessa área também.

O Brasil precisa de desenvolvimento e de jovens que gerem valor econômico, jovens com a cabeça em P&D e Negócios e não somente em “empregos formais” ou empregos públicos. Por que? Pelo Brasil e por eles também. Não tem vagas para todos hoje, muito pelo contrário! Imagine daqui pra frente!?

Me preocupa muito também com jovens especialistas em Redes Sociais com foco apenas em memes, mimimi e fofocas, enquanto o Brasil e o mundo precisa muito dessa desenvoltura deles, mas para outra finalidade: Para focar em adquirir inteligência, conhecimento, em pesquisa e pra gerar oportunidade de negócios. Quanta perda de energia e de tempo!!

Se fosse dar apenas um conselho a um jovem hoje, eu diria: Estude Tecnologia e Negócios! E João, porque você não aconselha aprender a língua Mandarim, por exemplo? Simples, porque acredito que não precisaremos aprender outras línguas para se comunicar. Isso já está sendo feito por um Aplicativo conectado ao fone de ouvido.

Pense nisso!

café com admMinimizar