O autocontrole e a felicidade

Afinal porque algumas pessoas não conseguem identificar os seus medos e suas preocupações? E porque tantos falam em preocupações sem sequer tentar entende-las? Nossas decisões são afetadas por essa indefinição e nossa felicidade também

Recentemente ao sair para o intervalo de um dos nossos treinamentos, um participante me abordou e me disse que não teria como fazer uma determinada tarefa ligada ao autocontrole emocional e técnicas para controlar preocupações e estresse, porque ele a muitos anos já pratica técnicas para controlar as preocupações e a ansiedade por isso não tem preocupações.

Este comentário me fez refletir um pouco mais sobre esta questão e lembrei que outras pessoas também já me disseram que não tem preocupações.

Na hora eu perguntei a ele: Porque você pratica estas técnicas a tantos anos?

Ele respondeu: Para ter controle sobre minha vida. (Não poderia ser outra resposta né).

Então perguntei a ele: O que aconteceria se você não tivesse controle da sua vida?

Eu viveria num caos, porque meu dia-a-dia é extremamente corrido. Respondeu ele.

Apenas olhei pra ele e disse: Isso é preocupação. Você dedica um tempo diário para organizar sua agenda, definir tarefas do dia-a-dia etc. para poder viver melhor e assim nada te incomodar.

Na verdade, tudo o que te dá medo, te traz preocupações. As preocupações podem te levar a fazer algo ou te deixar estagnados.

Por exemplo:

  1. Você faz o seguro do teu seguro do carro porque fica preocupado que te roubem o carro, que num acidente você perca seu dinheiro.
  2. Coloca cadeados e grades em tua casa por que fica preocupado com vândalos e ladrões.
  3. Matricula teus filhos na escola e força eles a estudar por que se preocupa com o futuro deles.
  4. Você paga a conta da luz em dia por que te preocupa em não ter a luz cortada.
  5. Faz uma poupança por que te preocupa em ter algum dinheiro no futuro.
  6. Respeita as leis de transito porque te preocupa em não querer pagar uma multa.
  7. Compra uma roupa nova para trabalhar, mesmo sem precisar, porque te preocupa em como teu cliente te enxerga
  8. Vai ao médico de quando em quando porque te preocupa com a tua saúde.
  9. Estuda e faz cursos porque te preocupa com teu futuro profissional.
  10. Ora e vi a igreja porque te preocupa com a teu espírito.
  11. Faz regime e vai à academia, porque te preocupa com o teu peso

Uma das nossas alunas certa ocasião disse que por trabalhar até mais tarde, era cheia de preocupações com a arrumação da casa. Disse que quando chegava em casa por mais que os filhos e o marido tivessem feito algo, ainda assim ela reclamava porque nunca era o suficiente. Esta atitude dela estava gerando problemas de relacionamento familiar. Quando ela se deu conta de que bastava engolir a saliva e tecer um pequeno comentário de agradecimento pelo que haviam feito, isso já os motivava a fazer um pouco mais. Os problemas de relacionamento acabaram e as preocupações com a arrumação da casa foram resolvidos.

Ou seja, é quase impossível alguém dizer que nada o preocupa. A grande maioria das nossas ações são dedicadas a minimizar os fatores que nos gerariam estresse, preocupações e descontrole, sejam eles de que natureza forem.

Sendo assim, a questão não é se você tem alguma preocupação ou não. A Questão é o que você faz com as preocupações que te aparecem diariamente?

Será que você é tão cego e tão desconectado que não enxerga as coisas acontecendo a tua volta?

Será que você deixa tuas preocupações atrapalharem as tuas decisões do dia a dia?

Será que você perde o controle quando algo dá errado e não consegue pensar com exatidão?

Será que quando você se descontrola, prejudica as pessoas que ama e que são importantes para você?

Algumas dicas que vão te ajudar a refletir sobre essa questão:

Primeiro pergunte a você mesmo. Isto é um problema ou uma preocupação? Se for problema muito provavelmente você já saberá o que precisa fazer para eliminar o problema. Em geral nós sabemos qual a solução para resolver nossos problemas, embora muitas vezes não conseguimos por que não alcançamos o que é necessário para resolver o problema.

Por exemplo: Você tem uma dívida e que está sendo cobrada. Ou seja, tem um problema e a solução é pagar, pode ser que você não tenha o dinheiro suficiente para pagar, mas você sabe qual é a solução. Por outro lado, se for uma preocupação então pense em como minimizar os efeitos desta preocupação e tirar o melhor proveito dela.

A segunda dica tem a ver com quanto de nossas preocupações realmente chegam a se tornar uma realidade. As pesquisas da Escola de Negócios Master Mind de São Paulo apontam que 95% das nossas preocupações jamais chegam a acontecer. Então faça um trabalho de relaxamento mental e permita que sua mente pense nos 5% restantes. Ter autocontrole emocional é uma mera questão de controle do pensamento. Devemos controlar e direcionar nossos pensamentos para a direção que escolhemos seguir.

A terceira dica é que você deve parar de sofrer pelo passado, o mundo gira e a cada dia somos direcionados para mais longe. Algumas pessoas sofrem uma vida inteira sempre pensando sobre: “Como era bom naquele tempo...”. Viva o dia de hoje com tanta paixão que o passado será apenas um banco de dados sobre tua trajetória, sobre tua história nesta vida e o teu futuro será preenchido pelas tuas decisões e paixões, mas principalmente, pelo legado das tuas ações do presente.

Agora você: Pense.... Você é uma pessoa estressada? Você tem controle sobre suas ansiedades? Você se mantém calmo diante das adversidades? Você discute no transito? Se você for assaltado, consegue manter-se tranquilo? Você é daqueles que sempre quer pensar um pouco antes de tomar uma decisão?

Se você respondeu não para todas estas perguntas então você faz parte de um grupo muito pequeno de pessoas, são raras, mas se encontram pessoas que pouca atenção dedicam as suas despreocuções. Agora se você ao menos titubeou para responder qualquer uma delas então siga os passos e seja bem-vindo ao mundo real.

Para finalizar saiba que você é o que você faz de si mesmo e todo o teu futuro estará marcado pelo que você é. Seja o melhor que você puder ser, aja com tanto entusiasmo que as pessoas queiram seguir os seus passos e quando você olhar para trás você veja uma multidão aprendendo a andar, para trilhar o mesmo caminho que você está trilhando. Isso é o que dará sentido a sua vida.

A vida só terá sentido se você souber aproveitar a caminhada, porque você sabe de onde você veio e sabe para onde vai terminar.

Qual é o segredo para a felicidade? Viver o intervalo

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento