Nem hipócrita. Nem idiota!

Um convite à reflexão para que o respeito ao contraditório e às opiniões alheias estejam sempre presentes em nossas colocações!

É louvável e grandioso o ato de respeitar as opiniões diferentes das nossas.

Precisamos respeitar as opiniões alheias e não é preciso inflamar discurso de inimizades nem de discórdias diante disso.

Acredito, como muitos, que quando Nelson Rodrigues dizia que "toda unanimidade é burra", na verdade, ele se referia a ausência do respeito à diversidade. Pois somos todos diferentes! Logo, conclui-se nesse contexto, que nem toda unanimidade é burra!

Quando leio os inflamados discursos, comentários ou artigos que envolvem os políticos ou o universo político busco aprender, abstrair, compreender dentro da maturidade e respeito que o próximo merece.

Sabemos que não foi o PT que descobriu ou inventou a corrupção, a fisiologia partidária, o "toma lá dá cá" no Brasil.

Se acusarmos apenas um partido, estaremos certamente absolvendo os outros.

Não caiamos nessa armadilha que só interessa aos outros corruptos.

Não posso generalizar e acredito que também existem homens e mulheres honradas em todos os partidos.

"Pego um gancho" na declaração de um amigo:

"O Brasil tem, além da presidenta, 27 governadores, dezenas de senadores, centenas de deputados federais e estaduais, milhares de prefeitos, dezenas de milhares de vereadores, fora uma considerável parcela da população corrupta, adepta do "jeitinho brasileiro", que quer se dar bem em tudo, não respeitando a lei e nem a moral. Diante de uma realidade onde grande parte da classe política trabalha para atender seus interesses particulares e boicota o atual governo.

Diante do que foi exposto, acreditar que o maior problema do Brasil na atualidade é a Sra. Dilma ou o Sr. PT é, no mínimo, ingenuidade. "

Todos somos iguais perante a lei, não é mesmo?

Sendo assim todos os partidos (PT, DEM, PP, PFL, PPS, PSDB, PDT, PRN, PR, Solidariedade, Arena, MDB, PSol, PC do B, PMDB, PTB, Rede, PQP e outros nanicos) precisam responder pelos seus erros e ter compromisso com a nação.

Não sejamos hipócritas. Nem idiotas!

ExibirMinimizar
Digital