Mudanças no passaporte beneficiarão brasileiros

A Polícia Federal e a Casa da Moeda divulgaram informação importante que vai facilitar a vida de quem deseja passar férias com a família e viajar a negócios, entre outros interesses, ao território norte-americano

Um dos processos que mais geram dúvidas para quem deseja viajar para os Estados Unidos se aplica a questão da emissão do passaporte. O brasileiro pouco se atenta aos trâmites que cercam o caso para que a retirada do documento ocorra sem problemas. Contudo, a Polícia Federal e a Casa da Moeda divulgaram informação importante que vai facilitar a vida de quem deseja passar férias com a família e viajar a negócios, entre outros interesses, ao território norte-americano.

No início deste mês, a Polícia Federal e a Casa da Moeda informaram que o passaporte comum brasileiro terá validade de 10 anos. Antes, a validade era de apenas cinco anos. Além disso, os órgãos também divulgaram que o valor do documento aumentou de R$ 156,07 para R$ 257,25, que representa elevação do preço na casa de 65,0%.

A justificativa para o preço elevado, segundo o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, é que a taxa para emissão do documento não era alterada desde dezembro de 2006. Ainda de acordo com Cardozo, o novo prazo de validada do passaporte é “um ganho para a população porque evita o acúmulo e de renovação sem controle”.

As mudanças devem beneficiar quem deseja viajar para os Estados Unidos. Se olharmos apenas o preço, podemos criar certa indignação pelo aumento. Porém, a conta é simples e mostra que a mudança implicará no não aparecimento de problemas, pois a validade será aumentada.

Se multiplicarmos por dois o preço anterior o valor seria maior, tendo como questão a renovação de cinco em cinco anos. Agora, o prazo será de 10 anos. E vale ressaltar que o preço será menor, se comparado com o período de renovação anterior. Além disso, o tempo implicará em mais tranquilidade para planejar a renovação do passaporte, obviamente.

Portanto, quem deseja viajar, tende a ter mais tranquilidade para planejar a questão do passaporte e, consequentemente, a viagem para os Estados Unidos. Entretanto, existe um ponto que é menos enfatizado e que pode implicar em problemas. Sendo o mais sincero possível, pode acarretar no cancelamento de sua ida aos EUA.

Se o seu passaporte estiver num período restante de seis meses para a renovação, atenção! Com este prazo fica impossibilitada a viagem. Ou seja, o documento (passaporte) não garante o aval para a sua viagem. E a verdade é que algumas pessoas não se atentam a esta regra e acabam prejudicando suas viagens por este detalhe. Seis meses antes da validade o passaporte já não dá mais direito da pessoa usar o documento para viajar. Portanto, o ideal é que pelo menos restando um ano para o encerramento do prazo, procure-se fazer a renovação.

O que dá para afirmar é que todas as mudanças significarão um ganho potente aos brasileiros, mas vale ressaltar que o passo a passo para a emissão do passaporte e, também, do visto requer atenção com todas as questões de documentos exigidos pelo Consulado. Para evitar qualquer deslize, o melhor é contar com o auxilio de especialistas. Assim, a sua viagem estará garantida.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento