Café com ADM
#

Mercado Mundial de Celular cresce 35%

As vendas mundiais de celulares atingiram a marca de 156,4 milhões de unidades no segundo trimestre de 2004, um crescimento de 35% em relação ao mesmo período de 2003, segundo estudo do instituto Gartner. O Brasil continua liderando as vendas na América Latina, seguido do México e da Argentina. A líder mundial Nokia ampliou as suas vendas de 41,23 milhões de celulares no segundo trimestre de 2003 para 46,36 milhões de unidades em 2004. A empresa, no entanto, registrou queda na sua participação de mercado no período, para 29,7%, ante 35,6% de abril a junho de 2003. Em compensação, o seu market share aumentou em comparação com os primeiros três meses deste ano, quando era de 28,9%. A Motorola manteve a segunda posição, ampliando a sua participação, para 15,8%, em relação ao segundo trimestre de 2003. Na mesma comparação, as vendas subiram 47%, para 24,62 milhões de aparelhos de abril a junho de 2004. A companhia teve um forte desempenho na América do Norte e do Sul, mas perdeu participação de mercado na China. Na avaliação do Gartner, a Samsung, terceira colocada, com 12,1% de participação, pode brigar pela segunda posição com a Motorola até dezembro. A coreana vendeu 18,93 milhões de celulares no último trimestre, ante 11,81 milhões de aparelhos no mesmo período de 2003. A Siemens, a Sony-Ericsson e a LG fecharam o segundo trimestre com fatias de 6,9%, 6,6% e 6%, respectivamente. As demais empresas ficaram com 22,9% do mercado. Mais de 300 milhões de celulares foram vendidos no primeiro semestre de 2004. Para o ano, o Gartner projeta um total de 620 milhões de aparelhos. No entanto, se as vendas se mantiverem nesse ritmo, esse número pode chegar a 650 milhões. Adm. Matheus Conti
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.