Maternidade: é preciso arrumar a casa

Gerar, prover, manter e educar uma criança é uma tarefa que para ser bem desempenhada exige renúncias, sacrifícios e uma dose grande de amor e dedicação

Fihos são anjos enviados por Deus com o propósito de nos melhorar como pessoa e ter a oportunidade de criar e educar seres humanos mais evoluidos contribuindo assim para um mundo melhor, mais humano e mais justo.

Vejo várias pessoas dizendo que gostariam de ter filhos ou de ter mais um filho.

Algumas têm noção da responsabilidade que isso representa mas outros não. Muitos falam em ter filhos como se fosse algo simples como comprar sapatos, como se fosse apenas fotos fofas em redes socias. Se esquecem da vida real sem glamour, das muitas trocas de fraldas, das noites sem dormir, de atos e palavras que deverão ser muito bem pensadas porque a partir de agora você será observado 24 horas por dia e seus exemplos serão copiados. Seus filhos serão seu espelho, o reflexo do que você é e do que conseguiu transmitir.

Será a parte mais difícil: dar bons exemplos. Tudo o que quiser ensinar a seu filho você terá que demonstrar primeiro através de suas ações.Terá que se esforçar todo dia pra se tornar um ser humano melhor. Se quiser que ele seje honesto terá que dar exemplos de honestidade, se quiser que seja estudioso e trabalhador terá que dar exemplos de esforço e dedicação, se quiser que respeite os mais velhos, que seje generoso, terá que dar exemplos de respeito e generosidade.

Você terá que pensar duas, três, mil vezes antes de dizer ou fazer alguma coisa. Um tom de voz errado, uma conversa que não poderia ser ouvida, uma cena que não poderia ser presenciada, tudo isso pode traumatizar uma criança para sempre ou atrapalhar o seu pleno desenvolvimento.

Principalmente para a mulher, ter filhos significa uma grande mudança. Por mais que os pais se tornem a cada dia mais participativos em todas as funções no cuidado com uma criança ainda a gestação, parto e amamentação são papéis únicos da mulher.

Antes de ser mãe é preciso arrumar a casa. A casa interior onde ficam os nossos sentimentos mais secretos, aqueles que guardamos desde a infância. A maternidade irá trazer todos á tona. A cobrança que envolve o papel da mulher na sociedade ainda é muito grande e a mulher por si só, também se cobra muito.

É preciso estrutura espiritual, emocional, financeira. É preciso entrega, aceitação pois nada mais será como antes. Tempo livre, liberdade, individualidade. ..tudo isso fará parte do passado. Sua vida será compartilhada com familiares como tios, avós, sempre terá alguém te visitando, te aconselhando e como essa convivência é saudável para a criança você terá que se acostumar. Você será vista como mãe e será muito cobrada por isso. Mas ainda será mulher com desejos de mulher querendo ser cuidada, amada, protegida. Ainda desejará ser uma profissional admirada e respeitada pelas suas conquistas e será difícil se enquadrar e se encontrar em tantos papéis.

Seu casamento passará por uma prova de fogo. Vocês perceberão qualidades e defeitos um do outro que antes passavam despercebidos. Não será fácil dar bons exemplos e isso será extremamente importante na educação da criança. Estejam preparados para se tornar seres humanos melhores. Todo dia a criança precisará de bons exemplos. Nada será fácil ou simples. Estejam preparados para lidar com a culpa e dúvidas diárias. Vocês nunca terão certeza de suas escolhas e não existe manual para ser seguido.

É necessário limpar e arrumar a casa interior, é preciso disposição, entrega, renúncia, é preciso consciência de todas as responsabilidades. A vida real não permite erros ou ensaios. Não permite arrependimentos tardios. Educar um ser humano para que seja pleno, feliz, consciente, responsável não é uma tarefa qualquer. Tenha consicência total do que isso representa. Então, só então, se tornem pais e mães e desfrutem dos medos e delícias de tão delicada e importante missão.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento