Mantenha vivo o sentimento do primeiro dia - todos os dias
Mantenha vivo o sentimento do primeiro dia - todos os dias

Mantenha vivo o sentimento do primeiro dia - todos os dias

Por mais que façam, essas empresas não conseguem satisfazer os anseios de seus funcionários o que é absolutamente prejudicial e com impacto direto em seus resultados. Mas, o que fazer? Como mudar este cenário sem deixar um rastro de destruição?

Seus líderes atuam como chefes e seus funcionários vivem “torcendo pelo jacaré” (Luiz Marins). Tudo que a empresa propõe não vai dar certo, para que essa bobagem, eu não concordo, eu sabia que isso não ia dar certo, etc, etc, etc. É o rabo correndo atrás do cachorro o tempo todo. De um lado a empresa necessitando de qualidade e resultados, e do outro, funcionários que se julgam injustiçados, pouco valorizados, sem nenhum proposito ou objetivo que os faça participar e não apenas trabalhar pelo salário no fim do mês.

Esta é uma realidade em muitas empresas. Por mais que façam, essas empresas não conseguem satisfazer os anseios de seus funcionários o que é absolutamente prejudicial e com impacto direto em seus resultados. Mas, o que fazer? Como mudar este cenário sem deixar um rastro de destruição?

Vamos começar do início. Quando contratamos um novo funcionário, o recebemos com uma alegria contagiante. Treinamento de integração, material de trabalho, falamos da empresa, dos produtos e serviços, dos clientes, de missão e valores, do espirito de equipe que há na empresa, disponibilizamos um tutor para acompanha-los nos primeiros dias e desejamos que ele tenha muito sucesso na sua nova caminhada e a celebre frase “se precisar de algo estamos a sua disposição”.

Quando um funcionário é selecionado e admitido, sua alegria também salta aos olhos. Um novo recomeço, salario, benefícios, empolgação e desejo para fazer, alegria contagiante. É o primeiro a chegar e se deixarem, é o último a sair.

Mas, após alguns meses tudo se esfria. A empresa já não lhe dá a devida atenção de antes, e o funcionário começa a perceber que a empresa não era bem aquilo o que ele esperava, e começam as dores de cabeça. Já não há mais o sentimento do primeiro dia e cada um pensa em si esquecendo dos objetivos corporativos.

As empresas precisam aprender a manter o sentimento do primeiro dia, vivo todos os dias. Precisam entender que o ambiente faz o profissional e um ambiente ruim só irá gerar profissionais ruins. Ouço todos os dias que os funcionários são o maior patrimônio de uma empresa, mas esse é um sentimento orbital e não está presente no dia a dia da operação.

Cientes desta realidade e por já ter vivido este cenário diversas vezes, elaboramos um projeto que unifica ideias, identifica e capacita talentos internos, demonstrando com ações claras que a empresa está atenta a aqueles que possuem um bom desempenho. Mas, o maior ganho com a implantação deste projeto não é apenas cuidar dos mais talentosos, mas demonstrar a todo o grupo que todos possuem condições de evoluir e que para isso precisam mudar o seu comportamento. Este projeto foi sucesso em todas as empresas que implantamos e frequentemente recebemos convites para participar de um evento onde um dos talentos destacados é promovido.

Não importa o tamanho da sua empresa, o segmento ou o número de funcionários. O que importa e faz toda a diferença é você manter o sentimento do primeiro dia todos os dias.

Case de sucesso:

Quando chegamos a empresa para implantar o projeto encontramos várias empresas em uma e um ambiente de marasmo e descredito. Os funcionários não acreditavam na empresa que também não confiava no desempenho do grupo. Havia um mar de reclamações de todos os lados e um turnover elevadíssimo além de outros problemas.

Apresentamos o modelo, e após entendimento e aprovação, começamos o processo de implantação. No início as lideranças estavam receosas com o processo, mas logo entenderam a sua importância no projeto e tudo fluiu normalmente apesar de alguns obstáculos já esperados por nossa equipe.

Em seis meses tínhamos 5 talentos identificados, 1 promovido, feedback POSITIVO e com um plano de evolução de carreira a todos que participaram do processo e não foram selecionados em um ambiente alegre e saudável, mas com foco e profissionalismo.

A chama estava acesa novamente. O sentimento do primeiro dia estava de volta e agora para ficar.


Quer saber mais sobre o projeto? Então envie uma mensagem para o autor: contato@arildoramos.com ou acesse nosso site arildoramos.com.

Se preferir, ligue para (22) 99792-0719

Quer engajar seus funcionários em seus objetivos?

Mantenha vivo em sua empresa o sentimento do primeiro dia, todos os dias.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento