Mais 10 buzzwords de negócios

As buzzwords são aquelas palavras que têm se tornado cada vez mais comuns no universo dos negócios, mas você conhece e sabe como usá-las corretamente?

“O SAAS TEM ALGUNS KPIS ESPECÍFICOS, POR ISSO O CSM É FUNDAMENTAL, DESDE O MPV, ENTENDEU?”

Nãããão!

Todos os dias aparecem novas palavras e novas siglas em inglês… Mas não desanime: se você leu (e usou) os termos aprendidos no meu outro artigo artigo “10 buzzwords de negócios”, vamos agora ampliar mais um pouco seu vocabulário de negócios. Hoje coloquei aqui 10 termos usados em frases que misturam português e inglês – exatamente como ouvi (ou li) em reuniões, cursos, palestras e relatórios. Se você entender tudo, está bem atualizado, especialmente em temas como Marketing, Tecnologia e Customer Success.

“O USER ONBOARDING ESTÁ TRANSFORMANDO O MERCADO DE SAAS”
User onboarding
Onboarding do Usuário (ler Onboarding do Cliente)

“REDUZIR E TAMBÉM PREVENIR O CHURN RATE TEM DE SER UMA META. PARA CONSEGUIR ISSO, MONITORE O TROUBLE TICKET.”
Churn Rate
É o índice de cancelamento de clientes. Churn é uma métrica que indica o quanto sua empresa perdeu de receita ou clientes. Para calcular o churn basta dividir a quantidade de clientes que perdeu até o final do período pelo total de clientes que iniciaram. Exemplo: se você perdeu 10 clientes de 100 = 10% de churn rate.

Trouble ticket
Cada ocorrência proveniente de um cliente insatisfeito pode ser considerada um trouble ticket, que deve ser monitorado no sistema, quanto a aspectos como: tempo de espera até o primeiro atendimento, tempo de resolução etc.

“O SAAS TEM ALGUNS KPIS ESPECÍFICOS, POR ISSO O CSM É FUNDAMENTAL, DESDE O MPV“
SoftWare-as-a-service (SaaS)
Software acessado pelos clientes através da internet, graças a uma assinatura ou taxa de utilização. Não está relacionado a compra de licenças, ou seja, o cliente utiliza o software e paga por sua utilização, como Netflix ou Spotify.

Key Performance Indicator (KPI)
Indicador que avalia o desempenho do negócio (por exemplo: taxa de cancelamento de pedidos, taxa de horas de parada de equipamento, retorno sobre investimento, custo da mão-de-obra, volume de vendas etc.).

CSM
Customer Success Manager.

MPV
(Minimum Viable Product, ou “mínimo produto viável”) Esse conceito está incluído na proposta do “Lean Startup” e na prática propõe que, ao ter uma ideia de mercado, você deve criar um produto rudimentar que represente sua proposta central e que possa ser testado o quanto antes.

“UM EMPREENDEDOR PODE CONSTRUIR UMA LEAN STARTUP IDENTIFICANDO UM GAP DE CUSTOMER SUCCESS NO MERCADO. OU UM BUSINESS QUE SEJA UM SPIN-OFF.”
Lean Startup
Método de desenvolvimento de produtos e mercados, com o objetivo de encurtar o ciclo de desenvolvimento do produto ao adotar uma combinação de experimentação orientada por hipóteses, entregas iterativas e aprendizado validado.

Gap
Espaço que ainda precisa ser preenchido ou desenvolvido.

Spin-off
Um novo negócio a partir de um projeto ou área já existente em uma empresa. O Google, por exemplo, nasceu como buscador, mas várias outras empresas foram criadas a partir dele, como o Google Ads.

FONTES:
endeavor.org.br
administradores.com.br
santandernegocioseempresas.com.br
exame.abril.com.br
saiadolugar.com.br

Rosangela Souza (ou Rose Souza) é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas (https://www.companhiadeidiomas.com.br), e coautora do Guia para Programas de Idiomas em empresas. Graduada em Letras/Tradução/Interpretação pela Unibero, Especialista em Gestão Empresarial, MBA pela FGV e PÓSMBA pela FIA/FEA/USP, além de cursos livres de Business English nos EUA. Professora na Pós Graduação ADM da FGV. Colunista dos portais Catho, MundoRH, AboutMe e Exame.com. Quer falar com ela? rose@companhiadeidiomas.com.br ou pelo Skype rose.f.souza

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Rosangela Souza

    Rosangela Souza

    Rosangela Souza (ou Rose Souza) é fundadora e sócia-diretora da Companhia de Idiomas. Graduada em Letras/Tradução/Interpretação pela Unibero, Especialista em Gestão Empresarial, MBA pela FGV e PÓSMBA pela FIA/FEA/USP, além de cursos livres de Business English nos EUA. Quando morava em São Paulo, foi professora na Pós Graduação ADM da FGV. Desenvolveu projetos acadêmicos sobre segmento de idiomas, planejamento estratégico e indicadores de desempenho para MPMEs. Colunista dos portais Catho, RH.com, MundoRH, AboutMe e Exame.com. Desde 2016, escolheu administrar a Companhia de Idiomas à distância e morar em Canela/RS, aquela cidadezinha ao lado de Gramado =) . Quer falar com ela? rose@companhiadeidiomas.com.br ou pelo Skype: rose.f.souza

    café com admMinimizar