Liderança inspiradora: como conquistar uma equipe de alta performance

Para conseguir extrair o melhor de cada profissional de sua equipe, o líder precisa ser engajado na busca dos melhores resultados e, ao mesmo tempo, se interessar pelo ser humano e transformar as organizações onde atuam em um lugar de aprendizado e desenvolvimento

Estruturar uma carreira de sucesso, seja em uma mesma companhia ou com passagens por mais de uma empresa e, alcançar um cargo de chefia, é sinal de reconhecimento por executar um bom trabalho, entregar resultados, demonstrar competência técnica e, muitas vezes, capacidade de gerenciar processos, projetos, tarefas e pessoas.

Contudo, nem sempre este gestor possui aptidões naturais que favoreçam a liderança. Não há mal nenhum isso, desde que haja vontade, motivação, dedicação, determinação, disciplina, auto liderança e vontade de aprender para que se torne um verdadeiro líder. O que significa ser engajado na busca de melhores resultados e, ao mesmo tempo, se interessar pelo ser humano, se empenhar em preparar sucessores (futuros líderes) e transformar as organizações onde atuam em um lugar de aprendizado e desenvolvimento.

Uma fundamental característica que um gestor que deseja ser reconhecido como um verdadeiro líder deve possuir é a capacidade de se comunicar com clareza, ele precisa ser um bom articulador para criar um ambiente mais produtivo. Expressar-se e explicar de forma didática aquilo que gestor e empresa esperam e o porquê permite à equipe se sentir alinhada e engajada em alcançar os objetivos, uma vez que todos se sentem parte do processo e protagonistas. Demonstrar-se acessível e disponível a conversas até mesmo informais, auxiliam na melhora da comunicação interpessoal também.

Além disso, a disposição para o diálogo faz muita diferença. O líder não precisa ter todas as respostas, mas mostrar-se disposto a encontrar, junto aos seus, essas melhores respostas. Mesmo em meio a metas e pressões, é preciso que se disponibilize tempo para ouvir e falar, para realizar conversas francas e esclarecedoras e desfazer mal-entendidos que possam vir a impactar a equipe, o que contribui para modificar a forma de se lidar com diversas questões e, muitas vezes, melhora o clima.

Dar e receber feedbacks (sejam eles positivos ou negativos) de modo frequente, seguindo alguma técnica ou metodologia que leve em conta fatos e atitudes e descarte rótulos e pré-julgamentos também colabora para ampliar o envolvimento e motivação de todos. Estudos comprovam que o desempenho de uma pessoa altamente motivada é 40% maior, se comparado com pessoas desmotivadas ou que atuam ‘no piloto automático’. O líder precisa ser admirado por suas ações; o modo como lida com as situações, o clima que constrói junto a sua equipe e o bom-humor que apresenta são os termômetros disso.

Enfim, um líder genuíno é aquele que se questiona: “quais são os benefícios e vantagens que a minha liderança pode trazer para as pessoas? ”. A essência da liderança não está no uso do poder e da influência para a obtenção de benefício pessoal, e sim pelo comprometimento e interesse autêntico pelo bem-estar e desenvolvimento das pessoas que estão ao seu redor, fazendo a elas aquilo que gostaria que lhe fizessem.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento