Liderança e Poiesis
Liderança e Poiesis

Liderança e Poiesis

Quando a Poiesis encontra a aisthesis e o papel da liderança na busca do propósito

Recentemente criei um grupo de whatsapp chamado Liderança e Poiesis com um objetivo muito especial, não somente o de reunir e discutir com outros líderes quais os aspectos de nossa posição, mas além disso, propor insigts para descobrirmos juntos o propósito e a poiesis por trás dos desafios e da missão de liderar.

Muitos integrantes perguntaram inicialmente o que seria poiesis. Se você não sabe me acompanhe.

Poiesis é derivada do grego inicialmente usada como o processo criativo, mais tarde dando origem à palavra poesia. A expressão tem origem do verbo poiéo – fabricação, execução. O interessante aqui, é o entendimento de que a poiesis é a criação própria a partir de algo. É a execução de uma obra realizada por mim mesmo.

A poíe–sis é uma fabricação que, imediatamente no ato de criar, instaura o sentido para o fabricado (...) 1

Quem já leu Cortella2 vai se lembrar quando ele propõe trocar o tripalium, instrumento de castigo do qual derivou a palavra trabalho, por poiesis, minha obra, aquilo que faço e no que me reconheço.

Diante desse contexto, qual o papel da liderança para que seus liderados descubram sua poiesis? Eu diria que fundamental.

Uma pessoa somente se sentirá criador de sua obra, se perceber que faz parte de algo maior. Nesse ponto, o líder deverá introduzi-lo nesse ambiente de aprendizagem e criação, valorizar seu trabalho, auxiliá-lo na descoberta e no desenvolvimento de suas potencialidades.

Mas para que isso aconteça, não teria o líder também que se reconhecer como parte de uma obra? Isso somente acontecerá se houver percepção de que a liderança não é posição, não é profissão. Se um profissional quer se tornar líder pensando apenas em cargo, dinheiro ou status, está a meio caminho andado do fracasso.

Liderança é serviço, é missão, motivação, inspiração, é desenvolvimento humano. A partir desse entendimento, todo o restante virá por consequência, resultados, cumprimento de metas, alcance de objetivos.

Dessa maneira é o momento de juntar 'poiesis' e 'aisthesis', palavra grega que significa, sensação, percepção, o que sensibiliza, ou ainda o afeta os nossos sentidos.

Sentir-se líder, agir como líder e esperar que as pessoas reconheçam o líder. Isso é influência, isso gera propósito e engajamento. Do contrário você será apenas um gestor.

Procure conhecer verdadeiramente sua equipe, faça a swot de todos individualmente se possível, crie programas de desenvolvimento e mentoria, feedbacks e acompanhamento contínuos, esteja junto com a equipe independentemente da situação.

O seu trabalho como líder é acompanhar e desenvolver seu time para a geração de resultados sustentáveis, mas também está lá para que sua equipe se lembre de você como aquele que ensina e apoia, mas também corrige e orienta. Aquele que incentiva o crescimento e o aprendizado.

Voltando à aisthesis, a palavra

(...) abrange a pessoa que é sensibilizada por algo que a afetou e que gerou nela algum tipo de sentimento. 3

Assim, seja a aisthesis de seu time, no sentido de sensibilizá-lo à ponto de que realizem as atividades de forma apaixonada e integral. Somente assim, você encontrará a sua obra e também ajudará seu time a encontrar a poiesis nas atividades realizadas, no trabalho, na vida.

Tenha certeza de que você será lembrado por seus liderados, além dos muros da empresa.

café com admMinimizar