Líder, o colaborador pediu demissão da empresa ou de você?

Se deseja manter um quadro de bons colaboradores e que ajudem a sua organização a cumprir a missão, torne-se um líder ainda melhor

Olá, líder! Como está a sua liderança?

Sabe aquela frase que os gestores costumam falar: Não quer trabalhar tem quem queira… lá fora tem uma fila enorme querendo!

Fico extremamente triste quando escuto isso, por vários motivos, e infelizmente escuto com frequência.

E ainda tem mais… também dizem: Não entendo o que querem mais! Pago em dias e assino a carteira.

Caro, gestor! Informo a você que isso é obrigação da empresa, do jeito que o colaborador tem as suas obrigações a cumprir, como por exemplo, trabalhar nos dias determinados e cumprir os horários.

Aí alguém pode dizer: Mas tem empresas que não assinam carteira e pagam salários atrasados. Essas simplesmente não cumprem com suas obrigações.

Agora vamos lá…

Por que será que determinados coladores perdem a motivação e fazem de tudo para sair da empresa? Por que alguns pedem demissão? Quando pedem, qual será o motivo realmente? Ele não aguenta mais a empresa ou o (os) líder (res)?

Normalmente a empresa não fez nada contra aquele colaborador que se demitiu. As pessoas fizeram. As vezes os colegas de trabalho provocam problemas que induzem as pessoas a deixar a organização, porém, na maioria das vezes, os líderes diretos é quem criam a indisposição que culmina na saída do funcionário.

Algumas pessoas proporcionam felicidade aonde vão; outras proporcionam felicidade quando se vão – Oscar Wilde.

Essa frase de Oscar Wilde é simples e objetiva. Gosto demais dela, pois retrata lideranças dentro das organizações. Tem líderes que quando estão presentes inspiram suas equipes, e os componentes desta sentem-se seguros, confiantes, valorizados e felizes. Já outros líderes, quanto menos ele aparecer melhor.

Que tipo de líder você é? O que inspira ou o que amedronta as pessoas?

De quem as pessoas desistem? Quem elas abandonam?

As pessoas desistem de quem as desvaloriza, desistem de quem não confiam, de quem é incompetente e inseguro. É impossível agregar valor a alguém que desvalorizamos. Líderes devem inspirar confiança, e não é com seu carisma que fará isso, mas sim quando demonstrar competência.

Você já deve ter sentido aquela sensação quando está liderando, de que as pessoas acreditam em você. É sensacional! Mas incrível ainda, é quando o líder acredita nas pessoas.

Eu sei que não podemos generalizar e afirmar que as lideranças são sempre o motivo das demissões. Claro que não! Existem outros motivos. Porém, uma empresa, um departamento ou uma equipe sempre será prejudicado por um líder que não tenha eficácia.

Acredite sempre no melhor das pessoas, a não ser que elas provem que não são dignas disso. Quem exerce cargo de liderança precisa entender que durante um dia inteiro de trabalho, tocará vidas de outras pessoas, e é melhor que deixe boas marcas, pois, do contrário, poderá ser “aquele líder que amedronta, e não aquele que inspira”.

E para deixá-lo tranquilo, não importa se você é um líder sensacional, perderá pessoas da sua equipe assim mesmo, pois faz parte do processo de liderança. Só não fique na comodidade achando que a culpa é da concorrência, da economia ou da própria pessoa. Coloque a “culpa” nos líderes, nem que seja por alguns instantes, para ajudar em uma análise de “autorresponsabilidade”.

Se deseja manter um quadro de bons colaboradores e que ajudem a sua organização a cumprir a missão, torne-se um líder ainda melhor.

AVANTE!

ExibirMinimizar
aci baixe o app