Café com ADM
#

Líder: nato ou construído II

Apesar de tudo que já foi escrito e discutido sobre liderança, nossa sociedade moderna ainda sofre por falta de líderes. Portanto, é importante esclarecer o que é realmente um líder e como mais pessoas podem atingir a habilidade de liderar

Seria excelente se a liderança fosse mesmo uma habilidade nativa e inerente e que muitas pessoas a exercessem naturalmente visando o maior bem para o maior número de pessoas e áreas envolvidas. Mas, infelizmente não é assim que acontece.

A razão disso está na definição de líder estabelecida pelo escritor e filósofo americano L. Ron Hubbard: “Um líder é alguém que pode assumir responsabilidade por sua esfera de influência. É muito simples, não é? Ele pode assumir responsabilidade por sua esfera de influência.”

Se analisarmos os indivíduos em posições de comando em empresas e grupos, e até os políticos de um país, qual deles seria um líder de verdade levando em conta a definição acima?

Quem está disposto a assumir responsabilidade por sua área de influência? A maioria está sempre transferindo a responsabilidade para os colaboradores ineficientes, a concorrência desleal, os altos e baixos da economia etc. O governo culpa o povo. O povo culpa o governo.

Ultimamente, até o “sistema” virou a única causa da incompetência das companhias telefônicas, administradoras de cartões de créditos, trens do metrô e bancos, por exemplo. (Só para citar alguns.)

Não há um ser humano disposto a ser responsável pela operação do sistema! A irresponsabilidade impera. De fato, líderes verdadeiros estão escassos na nossa sociedade atual. Mas, por quê?

Porque falta conhecimento real e útil sobre a mente e o comportamento humano na formação escolar e acadêmica. Uma equipe, uma empresa ou uma nação é formada por pessoas. Os dados mais relevantes e importantes para os administradores são os que têm a ver com a compreensão das pessoas.

L. Ron Hubbard esclarece também que há um triângulo KRC, formado por conhecimento (“knowledge” em inglês), responsabilidade e controle. Estes três fatores formam um triângulo porque quando um aumenta, os outros dois aumentam também. Portanto, se queremos formar líderes que possam assumir responsabilidade por sua esfera de influência, temos que aumentar o conhecimento deles, tanto na área em que atuam quanto a respeito da mente e do comportamento humano.

Este conhecimento existe e pode ser obtido através do estudo dos livros e conferências de L. Ron Hubbard. Podemos, então, construir muitos líderes, só precisamos educá-los nesta direção.

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.