Inventário e avaliação patrimonial em escolas e universidades
Inventário e avaliação patrimonial em escolas e universidades

Inventário e avaliação patrimonial em escolas e universidades

A eficácia do controle patrimonial no segmento de educação

O Controle Patrimonial é a ferramenta de gestão cada vez mais requisitada pelas principais empresas de auditoria em trabalhos realizados no Brasil e fora do país.

O planejamento e o início dos trabalhos.

A realização da implantação do Controle Patrimonial ou mesmo sua manutenção requer um planejamento para identificar o que se tem de informações e o pode ser agregado e validado.

O levantamento físico é uma das etapas que quando iniciada despende grande parte do tempo do projeto, o detalhamento das informações a serem catalogadas, a distribuições dos bens a colocação ou retirada das placas de identificação, são atividades dessa etapa do projeto.

A Conciliação como ferramenta de validação.

A conciliação é utilizada quando empresas tem um controle mesmo que parcial do Ativo Imobilizado, quando falamos parcial podemos entender que o mesmo não esteja devidamente atualizado.

A conciliação é utilizada comparando a base contábil da empresa, com o levantamento realizado, esse cruzamento de dados, geralmente resulta em sobras identificadas fisicamente, e também sobras contábeis, itens que fizeram parte do patrimônio da empresa e por qualquer razão não mais existem.

Laudos de Avaliação

Os laudos devem ser confeccionados baseados em normas técnicas geralmente: ABNT, IBAPE e na grande maioria das vezes a Legislação Contábil (lei 11638/07).

Entre outras informações os laudos devem relatar:

• Métricas utilizadas

• Detalhamento dos bens

• Conceitos

• Valores atualizados: Valor Justo, Valor de Mercado, Avaliação Forçada, Vida Útil Remanescente, Valor Residual, entre outros.

Além disso, devem ser devidamente assinados por profissionais habilitados (engenheiros e contadores) na maioria das vezes.

ExibirMinimizar
Digital