Café com ADM
#

Inteligência Competitiva!!! Para que te quero?

Ao longo da história, a utilização da Inteligência Competitiva era exclusividade dos órgãos militares. Estes eram aplicados como meio de dominação e antecipação táticas dos inimigos. Durante os tempos, houve significativas mudanças, o que era exclusivo para um, tornou-se caminho de sobrevivência para outros. Destaco aqui, as organizações que perceberam estas mudanças e redirecionaram os focos em gestão de negócios alternativos. Sua aplicação é fundamental, pois através de equipes e metodologias adequadas, as organizações obtêm informações estratégicas, podendo desta forma, utilizar para antecipação as mudanças, ou seja, o tempo necessário para que possa adaptar-se e colocar-se frente aos concorrentes, existindo uma busca constante de dados no mercado, através de monitoramento - ético -, onde está inserida. No mundo coorporativo, a Inteligência Competitiva é uma realidade. No Brasil percebesse uma acentuada evolução neste sentido, tornando-se uma desvantagem enorme. A idéia e a visão míope da classe empresarial brasileira não está sendo apurada, sendo visto como perca de tempo. Quando é contrário, é um investimento, que por conseqüência não é barato, e ao mesmo tempo não é fácil assessoramento. A Inteligência Competitiva, por sua vez protege e ao mesmo tempo amplia a visão, está denominada Visão Helicóptero. Visão que nem todos possuem, e quem as possuem, muitas vezes não utilizam adequadamente em prol das organizações. Sabemos que pelo fato de no Brasil a inteligência não ser aplicada com ênfase, mesmo assim, temos empresas dos mais variados segmentos de mercado, geralmente multinacionais que possuem em seu poder ou criam, diversos recursos á sua disposição. Inclusive com metodologias e práticas próprias de desenvolvimento e conduta explícitas internamente. Um exemplo muito visível e de fácil acesso, é a Web, que proporciona informações rapidamente com muitos detalhes antes despercebidos. Em muitos sites, podemos observar informações claras e rápidas, tornando o mercado sempre muito competitivo e agressivo em busca de informações diferenciadas. A nossa televisão brasileira, é muito eficaz, é um exemplo prático de como utilizam as informações, muitas vezes privilegiadas, sabem com antecedência, fatos que órgãos competentes não o conhecem ou muito menos imaginam ocorrer. Através de métodos próprios e pessoas treinadas para tratar informações e conquistar as mesmas, caso de entrevistas, realizam cruzamento de dados e informações, chegando rapidamente á diversas conclusões. Cito o escândalo político, o contato com pessoas envolvidas em tráficos, seja desde entorpecentes, de seres humanos, lavagem de dinheiro, esquemas de corrupção, assim obtendo claramente o funcionamento dos esquemas e rotas de onde atuam as principais quadrilhas brasileiras e internacionais. Com estes sinais, é importantíssimo que nossas organizações adotem rapidamente meios onde tenham rápida capacidade de adaptação, no qual possam responder as mudanças provocadas pelas necessidades de mercado. Deve surgir por parte das empresas um movimento em direção á um ambiente em que a criação seja incentivada e a segurança seja reforçada constantemente. Pois a concorrência sempre está de olho aos nossos movimentos. Eles nos conhecem, muitas vezes não o bastante, mas a partir deste ponto, é uma premissa real, utilizar a nossa inteligência para atuarmos ofensivamente no mercado. Cabe a nós, a conscientização da usabilidade da Inteligência Competitiva, adotando planos eficazes que possam determinar pontos chave de diferenciação mercadológica.
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.