Identidade, ou você tem ou esta fora

Este artigo de cunho de pensamento estritamente pessoal, aborda os conflitos de identidade realizadas pelas empresas atuais, e expõe a importância de obte-la para o sucesso empresarial perante os seus clientes.

Desde o princípio da civilização, que a sociedade busca uma forma de adquirir uma identidade, existem várias formas de buscá-la e descobriu-se que algumas civilizações possuíam uma identidade tão avançada que acaram sendo influenciadas por outras sociedades em desenvolvimento.

Podemos citar, por exemplo, algumas sociedades e suas características que lhe deram reputação, são elas:

  • Civilização Persa foi conhecida como o segundo maior império da antiguidade, e sua brutalidade nos combates para sua expansão;
  • Civilização Babilônica ficou conhecida pelo seu avanço nas áreas da arquitetura, agricultura, astronomia e direito;
  • Civilização Grega, conhecida por seus filósofos e deuses;
  • Civilização Espartana conhecida pelos modelos de soldados, bem treinados fisicamente, corajosos e obedientes às leis e às autoridades.

As empresas funcionam da mesma forma, uma organização precisa mostrar ao seu público alvo a sua identidade.

Porter nos fala do posicionamento estratégico, que nada mais é do que a busca pela identidade. De uma maneira bem simplista a sociedade brasileira é formada pelas classes sociais que vão desde a A até a E, a classe A é formada pelas pessoas de maior poder aquisitivo e as demais seguem em ordem decrescente.

Se você constrói uma empresa voltada para a classe A, o seu negócio tem que ser muito bem sofisticado, o seu cliente não estar preocupado no dinheiro e sim no serviço que você ira prestá-lo, a empresa deverá entregar o valor acima do esperado, com isso a limpeza, o atendimento e os serviços em geral têm que ser impecáveis, assim a impressão da identidade empresarial será logo ligada a identidade pessoal do seu cliente.

Se por outro lado a empresa tem uma identidade jovem, ela tem que se manter do público jovem, com músicas ambientes, decoração, colaboradores direcionados a cores chamativas, alegria e descontração, e assim por diante.

O atendimento não é mais um diferencial, é uma obrigação para todas as classes, o que muda são as formas de persuasão.

A identidade empresarial não pode de maneira nenhuma ser confundida perante o seu cliente, ela tem que ser sólida e persuasiva de tal modo que seja um elo de ligação, permanentemente avaliada pelos seus gestores.

Por isso devemos ter muito cuidado ao utilizarmos como ferramenta de divulgação os sites de compra coletiva, empresas que opinião pela diferenciação é muito arriscado realizar ofertas, pois há um conflito de identidade.

ExibirMinimizar
Digital