Humanidade, mudanças da administração nas indústrias

As mudanças e transições que a humanidade sofreu durante a transição da idade media para a moderna, acabou afetando diretamente o sistema organizacional e as estruturas da sociedade, gerando ai a separação dos seres humanas entre classes. Foi ai também que deu si inicio as guerras e as escravidões industriais

Podemos usa o filme “Tempos modernos”, como exemplo claro para mostra como foi à mudança na era pós-revolução industrial. Nessa época ouve um grande deslocamento de ruralistas para as cidades, em busca de melhores oportunidades e condições de vida, como vemos no filme de Chaplin. Também podemos notar que nessa época o ser humano acabou se tornando escravo dessa nova era que ali se instalava. Os trabalhadores eram submetidos a trabalharem de forma cruel, fazendo trabalhos repetitivos e com longas horas trabalhadas e sem nenhum preparo para aquelas funções. Podemos perceber ali que as indústrias focavam apenas na sua produção e no seu lucro, elas colocavam isso acima de qualquer outra coisa, não se importando em nenhum momento com os seus colaboradores.

No Século XX, podemos usa como exemplo dessa transição a teoria de Frederick Taylor, aonde veio a ser criada a administração cientifica. Taylor era um engenheiro que acreditava no aumento da produtividade, reduzindo tempo, diminuindo gastos e aumentando seus lucros, com isso ele garantia um melhor custo beneficio a produção da indústria. Nesse período os trabalhadores eram forcados a trabalharem mais, sem nenhum retorno ou tipo de benefício de incentivo. Podemos ver bem esse método no filme anteriormente citado.

Com a evolução dos tempos, os trabalhadores começaram a se cansar dessa forma de trabalho escravo, e começara a reivindicar direitos, foi ai que deu si inicio aos sindicatos, Mais tendo por certo que essas reivindicações nem sempre iriam surgir efeito. Já que a demanda de trabalhadores era bem maior que a de vagas de trabalho.

Como naquela época o conhecimento sobre administração era muito pouco, existia ali uma grande falha sobre as questões administrativas, logo depois que Taylor surgiu com sua teoria administrativa, foi à vez de Henri Fayol apresentar-se. A princípio ele defendia os mesmos pensamentos de Taylor. Só que ele criou a sua própria teoria. Teoria essa que ficou conhecida como teoria clássica, ela dividia a indústria por atividades. Essa divisão era feita a partir dos setores administrativos, comercial, financeiro, contábil, de segurança e técnico. para ele o setor administrativo era o mais importante, ele acreditava que esse setor coordenava os demais. Seus componentes eram definidos por ordem de planejamento, organização, comando, coordenação e controle. Como essa divisão de tarefas ele conseguiu um melhor aproveitamento do trabalho. Essa teoria foi muito criticada por vários empresários, eles acreditavam que nada disso funcionaria.

Como o passar dos tempos ocorreram diversas outras mudanças nesses setores. Mais sempre que é tocado no assunto da criação da administração os primeiros nomes que ouvimos sao Frederick Taylor e Henri Fayol.

Hoje, a maioria das empresas utiliza a teoria de Fayol, claro que com algumas mudanças que ocorreram durante o decorre dos tempos, por incrível que pareça ainda podemos achar empresas que nos dias de hoje ainda trabalham visando apenas o lucro, sem pensar nos seus colaboradores. Como era vivenciado na época que se aplicava a teoria de Taylor. Um exemplo bem claro dos dias atuais são os fast-food.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento