Pensando a honestidade

A honestidade pode gerar mil visões, sensações e diálogos de ordem interna e externa, então já quero convidar você a relaxar, meu convite é pensar em honestidade com você

Existem muitas formas de nos desviarmos do nosso caminho, e praticarmos conosco um ato de prostituição, sei que a palavra pode impactar alguns, entretanto, outro dia estava numa aula e fizemos uma reflexão sobre as diversas formas de prostituir-se, e qualquer ausência de honestidade interna com seus valores e princípios, pode caracterizar o ato. Esquecer o que te motiva e te dá prazer para atender as expectativas do meio e abandonar seus sonhos traz uma ausência de razão para seguir, e pode às vezes gerar uma depressão ou apatia diante da experiência tão divina chamada vida.

Praticar um exercício diário de honestidade com você é fundamental, para ganhar consistência e flexibilidade, uma pessoa que está conectada ao que lhe motiva tem fluidez diante dos processos que se apresentam na dinâmica da vida.

Todo mês, recebo pessoas que estão fazendo algo que aproximam elas da infelicidade e com isso as distanciam da sua honestidade interna. Para gerenciar este estado podemos nos fazer uma pergunta simples:

- O que me mantém nesta situação?

Através da resposta é possível exercitar sua honestidade interna e alinhá-la. Quando sua resposta se alinha a sua honestidade interna, há sintonia e visão de futuro.

Estando essas questões sincronizadas, siga em frente com motivação!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento