Guia rápido para a DRE

Passo a passo para entender a DRE (demonstração do resultado do exercício) contábil. Com objetivo de ajudar a todos aqueles que tem interesse ou curiosidade sobre essa ferramenta muito eficiente da contabilidade

Olá, tudo bem com você?

Vamos abordar aqui rapidamente um GUIA RÁPIDO PARA A DRE (Demonstração do Resultado do Exercício).

A DRE tem por principal objetivo a demonstração do resultado apurado de um conjunto de operações realizadas num determinado período.

Nesta demonstração devemos sempre obedecer ao Regime de Competência (receitas e despesas devem ser contabilizadas noem que ocorrerem).

Veja um modelo de DRE:

DRE

RECEITA OPERACIONAL BRUTA

Vendas de Produtos

Vendas de Mercadorias

Prestação de Serviços

(-) DEDUÇÕES DA RECEITA BRUTA

Devoluções de Vendas

Abatimentos

Impostos e Contribuições Incidentes sobre Vendas

= RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

(-) CUSTOS DAS VENDAS

Custo dos Produtos Vendidos

Custo das Mercadorias

Custo dos Serviços Prestados

= LUCRO BRUTO

(-) DESPESAS OPERACIONAIS

Despesas Com Vendas

Despesas Administrativas

(-) DESPESAS FINANCEIRAS LÍQUIDAS

Despesas Financeiras

(-) Receitas Financeiras

Variações Monetárias e Cambiais Passivas

(-) Variações Monetárias e Cambiais Ativas

OUTRAS RECEITAS E DESPESAS

Resultado da Equivalência Patrimonial

Venda de Bens e Direitos do Ativo Não Circulante

(-) Custo da Venda de Bens e Direitos do Ativo Não Circulante

= RESULTADO OPERACIONAL ANTES DO IMPOSTO DE RENDA E DA CONTRIBUIÇÃO SOCIAL E SOBRE O LUCRO

(-) Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social Sobre o Lucro

= LUCRO LÍQUIDO

(-) Debêntures, Empregados, Participações de Administradores, Partes Beneficiárias, Fundos de Assistência e Previdência para Empregados

= RESULTADO LÍQUIDO DO EXERCÍCIO

Se você deseja saber o descritivo de cada conta do DRE, continue lendo este artigo.

Vamos lá!

Começando em 1, 2 e já...

Receita Operacional Bruta

A receita operacional nada mais é do que as vendas provenientes das atividades da empresa, ou seja, a receita bruta representa o volume de produtos ou serviços vendidos pela empresa durante o exercício representado na DRE. A Receita Operacional Bruta representa somente as ‘‘vendas brutas’’ (não existem abatimentos) da companhia.

Precisamos deixar muito claro que Receita Operacional Bruta alta não significa Lucro $$$ ou uma empresa com ótima Saúde Financeira.

Devoluções de Vendas

O próprio nome já evidencia que nesta conta se encontram os produtos que foram devolvidos pelos clientes.

Abatimento sobre vendas

O abatimento sobre vendas ocorrem através de descontos concedidos aos clientes em função de defeitos apresentados nos produtos.

Impostos incidentes sobre as vendas

São os impostos que estão intimamente ligados as vendas, como por exemplo, o ISS, ICMS, PIS, COFINS. O imposto de renda não entra nessa conta, pois ele será computado somente mais para o final do DRE.

Receita operacional líquida

A receita operacional líquida é a receita operacional bruta que vimos no primeiro item menos as devoluções de vendas - abatimento sobre vendas - impostos incidentes sobre as vendas, veja o exemplo:

RECEITA OPERACIONAL BRUTA

250,00

Vendas de Produtos

100,00

Vendas de Mercadorias

100,00

Prestação de Serviços

50,00

(-) DEDUÇÕES DA RECEITA BRUTA

(52,00)

Devoluções de Vendas

(25,00)

Abatimentos

(15,00)

Impostos e Contribuições Incidentes sobre Vendas

(12,00)

= RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

198,00

Por essa conta podemos ter uma visão mais assertiva com relação a saúde financeira desta empresa.

Custos das Vendas

Os custos das vendas de mercadorias ou serviços vendidos são todos os gastos ligados à produção do produto, como insumos, mão de obra direta, custos indiretos (vamos detalhar mais os tipos de custos e sua classificações em futuros artigos) e todo outro tipo de gasto necessário para a execução do produto ou serviço. Devemos tomar muito cuidado nesta conta, pois, muitas empresas prestadoras de serviços classificam de maneira errada, por isso aconselhamos que você busque a ajuda de um profissional, porque uma classificação feita de maneira incorreta dentro de quaisquer conta da DRE pode significar uma análise incorreta da empresa.

Lucro Bruto

O lucro bruto é a diferença entre a receita operacional líquida e o custo das vendas de mercadorias ou serviços vendidos, representando a quantidade que a empresa arrecadou com suas vendas totais após deduzir os custos para produzir os bens ou serviços. Veja o exemplo:

= RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA

198,00

(-) CUSTOS DAS VENDAS

(55,00)

Custo dos Produtos Vendidos

(25,00)

Custo das Mercadorias

(12,00)

Custo dos Serviços Prestados

(18,00)

= LUCRO BRUTO

143,00

A partir do Lucro Bruto podemos calcular a margem de contribuição, entre outros índices importantes para a análise da DRE.

Despesas Operacionais

As despesas operacionais são todos aqueles ‘‘gastos’’ necessários à atividade da empresa e as suas operações.

Despesas de Vendas e Administrativas

As despesas com vendas e administrativas bem como o nome diz, correspondem às despesas operacionais necessárias para as atividades comerciais da empresa, por exemplo, comissões de vendas, salários e encargos, publicidade e propaganda, aluguéis, despesas jurídicas, material de escritório em geral, despesas com viagem e diversas outras despesas necessárias às atividades da empresa.

Despesas Financeiras Líquidas

As despesas financeiras líquidas se referem a juros de todas as obrigações financeiras de uma empresa, descontando-se deste saldo toda e qualquer receita de juros que a empresa venha a ter com suas aplicações financeiras.

Esses juros são classificados como um custo financeiro e não operacional, pois não está ligado a nenhum processo produtivo da empresa.

Está ficando cansado?

Não desista agora estamos quase terminando já...força!

Outras Receitas e Despesas Operacionail

Aqui, são classificadas as outras receitas e despesas operacionais que não foram classificadas como despesas de vendas, gerais e administrativas.

Resultado de Equivalência Patrimonial

Veremos aqui todas as despesas ou receitas que a empresa possui participação em outras empresas, a organização investidora reconhecera em sua DRE uma parcela do lucro ou prejuízo da empresa na qual possui.

Receitas e Despesas Não Operacionais

As receitas não operacionais são os ganhos obtidos com as transações que não fazem parte das atividades operacionais da empresa e que não são habituais. Da mesma forma que as receitas não operacionais, as despesas não operacionais também ocorrem ocasionalmente, e não fazem parte das atividades da empresa, resumindo, tudo aquilo que é ‘‘não operacional’’, quer dizer que não faz parte do Core Business da empresa.

Lucro Operacional

O lucro operacional é o lucro bruto da diferença entre todas as despesas operacionais e a equivalência patrimonial.

Resultado Operacional Antes do Imposto de Renda e da Contribuição Social e Sobre o Lucro

O resultado operacional antes do I.R. e da contribuição é o valor do resultado financeiro descontado/adicionado. Logo, é o resultado após a dedução de todas as despesas da empresa, excluindo o imposto de renda.

Provisão para Imposto de Renda e Contribuição Social Sobre o Lucro

Representa a provisão sobre o lucro tributável da companhia. Toda empresa e todo contribuinte têm que pagar impostos sobre sua renda. Esse lançamento reflete o verdadeiro lucro da empresa.

Lucro líquido

O lucro líquido evidencia o resultado do exercício após a dedução de todos os custos envolvidos. É aqui que verificamos a quantidade de recursos ganhou depois de pagar o imposto de renda.

Lucro por ação

O lucro por ação é o lucro líquido da organização dividido pela quantidade de ações em circulação.

Bom...acredtio que por esse guia você já poderá entender de uma maneira mais eficaz a DRE.

Espero que você tenha gostado.

Dúvidas e sugestões deixe ai embaixo nos comentários!

Forte abraço!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento