Café com ADM
#

Gestão do Negócio - Necessidade do Conhecimento X Disponibilidade do Conhecimento

O empresário brasileiro sofre com a dificuldade de harmonizar seus custos e despesas com o faturamento e as conseqüentes saídas e entradas de dinheiro em caixa, isto acontece devido à oscilação imprevisível do faturamento ao longo dos meses, conforme demonstra o gráfico abaixo, expondo o faturamento médio das pequenas empresas paulista. Como prever esta sazonalidade mensal das vendas? Diagnosticar as alterações sócio-econômicas sofridas atualmente pela população de uma região, pode oferecer subsídios para pré-determinar os seus desejos e carências futuras, porém somente isto não basta, pois outros ingredientes cooperam para promoverem as oscilações de consumo, o que deixa qualquer empresário de cabelos em pé. Através da análise, realizada pelo SEBRAE-SP (www.sebraesp.com.br), o ano de 2004 obteve o crescimento linear das vendas médias das empresas de junho até dezembro, por outro lado, o ano de 2005 foi totalmente diferente, com altos e baixos durante os 12 meses, culminando com um aumento elevado em dezembro de 2005, se comparados com os anos anteriores. Isto retrata apenas uma das facetas de acontecimentos que o empreendedor brasileiro presencia diariamente, ou seja, a alteração constante no ânimo de consumo do mercado. Outros parâmetros são igualmente difíceis de antecipar e de amenizar as conseqüências de seus efeitos sobre o negócio, como: Os custos fixos, que nem sempre são tão fixos assim; As alternâncias do mercado fornecedor; A pouca experiência dos bancos em oferecer e administrar as linhas de crédito oferecidas aos empreendedores, empresários iniciantes e até mesmo para os experientes, que acabam inundados por várias regras impiedosas do sistema financeiro nacional, sendo mais uma causa do descontrole financeiro da empresa; As regras tributárias que por conveniência de alguns não seguem as contingências empresariais e suas relações mercadológicas, assim, distanciando-se dos empresários que acabam por desistir de compreendê-las; As influências benéficas e maléficas das notícias do mercado global; A gangorra permanente dos preços de venda dos concorrentes, e decorrente ajustes forçados das margens de lucro, para não perder clientes por estar com preço mais alto, ou até mesmo muito baixo. A preocupação de fazer parte da grande quantidade de empresas que fecham, alguns meses ou anos depois da abertura, deve ser encarada como decorrência do empreendedorismo, mas que pode ser evitada, e fugir dos 56% de empresas que desaparecem após 5 anos. Muitas entidades, inclusive o SEBRAE-SP, procuram através de vários serviços e produtos disponibilizar o conhecimento das noções fundamentais para a gestão de negócios ao empresário. Porém a capacidade de assimilação e principalmente de implantação, por parte dos empreendedores, torna-se difícil por diversos motivos compreensíveis, como por exemplo o conteúdo dos materiais fornecidos, que nem sempre são compatíveis com as suas carências atuais. De qualquer forma o empreendedor que quiser permanecer neste jogo de Necessidade do Conhecimento X Disponibilidade do Conhecimento, precisa implementar o aprendizado e aprender a avaliar a sua praticidade, para colher resultados satisfatórios e não apenas frustrações. Para alcançar o objetivo de não apenas sobreviver, mas evoluir no mercado, o empresário tem que colocar a mão na massa, fazer o pão e ver saboreado, pelo seu cliente, até o último pedaço, para conseguir assimilar os desejos do mercado e, assim, fazer a sua empresa buscar e encontrar o caminho do sucesso. (*) Jorge Luiz da Rocha Pereira é Consultor Especialista do SEBRAE-SP em Plano Estratégico de Negócios. e-mail: jorgep@sp.sebrae.com.br
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.