Gerenciamento Colaborativo de Fornecedores - Parte 1

Gerenciando Relacionamentos Colaborativos com seus Fornecedores (Parte I) São cada vez mais numerosas as empresas a acordar para o fato de que as alianças vão ter a importância primordial no futuro. As alianças estão a evoluir tão depressa, que ninguém pode mais fazer tudo sozinho. James Houghton Nas empresas que se voltam para a Gestão da Qualidade, a função de logística passa a ter uma grande importância, pois, segundo BALLOU (2001) a missão da mesma é dispor a mercadoria ou o serviço, no lugar certo, no tempo certo e nas condições desejadas. Se considerarmos que produtos e serviços não têm valor a menos que estejam disponíveis para o cliente quando (tempo) e onde ele deseje consumir (lugar), podemos ter a noção da importância das atividades logísticas de uma organização. Considerando a Logística como um processo integrado, destacamos a importância do relacionamento colaborativo dos fornecedores. Nossos artigos têm como objetivo demonstrar a importância do relacionamento colaborativo com os fornecedores logísticos, pois entendemos que a qualidade na relação entre cliente-fornecedor vem se tornando cada vez mais importante devido a diversos fatores tais como: - As organizações, em sua grande maioria, não produzem os insumos necessários para seu processo produtivo, dependendo assim de fornecedores externos; - Aumento dos processos de outsourcing (terceirização) por parte das organizações que buscam concentrar seu foco em suas atividades principais (core-business); - Busca constante pela redução dos custos associados à qualidade insatisfatória dos produtos ou serviços adquiridos; - Busca constante pela redução dos custos de estoques; - As necessidades dos consumidores mudam freqüentemente, e os fornecedores devem reagir rapidamente a estas mudanças. Muitas empresas já começam a entender que o papel dos fornecedores dentro da logística moderna é o de parceiros operacionais. Esse conceito exige um relacionamento aberto, que compreende desde o desenvolvimento conjunto de produtos até contratos de fornecimento com preços, qualidade e prazos sujeitos a uma mútua administração, visando a conservação do mercado pela contínua satisfação do cliente. Neste sentido, observamos uma evolução do relacionamento Cliente-Fornecedor que anteriormente era priorizada apenas pela questão do preço, em que o Cliente sempre desconfiava do Fornecedor. Neste sentido, não havia uma relação de parceria. Com o passar dos tempos, e devido à necessidade empreendida pelos novos cenários econômicos, observamos que a relação baseada unicamente na questão do preço foi dando lugar a um relacionamento mais duradouro em que se buscava uma confiança recíproca. Algumas empresas já conseguem uma integração operacional em que Clientes e Fornecedores fazem investimentos conjuntos em prol da melhoria do serviço prestado. O estágio mais avançado desta relação Cliente-Fornecedor é alcançado quando se consegue uma integração estratégica em que existe um envolvimento de ambos nos processos de desenvolvimento de produtos e processos, fornecimentos sincronizados e qualidade assegurado. O relacionamento Cliente-Fornecedor se desenvolve a partir de atuação do Cliente (comprador) sobre seus fornecedores, procurando atingir um grau de entendimento e confiança mútua até então inexistente. Este tipo de relação também é chamado por alguns autores de Comakership. No caso das relações do tipo Comakership, é necessário um certo tempo de amadurecimento, de conhecimento prévio da capacidade do fornecedor e confiabilidade do cliente. Para a realização de uma boa parceria, é importante que o Cliente (comprador), faça uma avaliação dos fornecedores visando identificar suas capacitações para execução do serviço solicitado. Em vários casos, pode ser necessário que o Cliente trabalhe em conjunto com o fornecedor visando desenvolvê-lo em algum aspecto específico. Por Hélio Meirim hrmeirim@ig.com.br Consultor de Empresas e Professor Universitário

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Hélio Meirim

    Hélio Meirim

    Hélio Meirim
    Mestre em Administração e Desenvolvimento Empresarial, tendo MBA em Marketing, Logistica, Análise de Sistemas e Docência Superior.
    CEO da HRM Logística Consultora & Treinamento, tendo atuado, por mais de 20 anos, no Brasil e no exterior, em cargos executivos de empresas nacionais e multinacionais nos segmentos de Operadores Logísticos, Transportadores, Varejo, E-Commerce, Indústria Farmacêutica, Alimentícia, Siderúrgica, Química e Agrobusiness. Coordena a comissão de logística do Conselho Regional de Administração – RJ, é professor, escritor e palestrante. www.hrmlogistica.com.br

    café com admMinimizar