Fui demitido, e agora?
Fui demitido, e agora?

Fui demitido, e agora?

Como (re) agir após uma demissão

Milhões de brasileiros vêm enfrentando o dilema do desemprego atualmente, fruto da paralisia da economia nacional e de ajustes nas empresas. Se você está nas estatísticas do desemprego, não se apavore, respire fundo e mantenha a calma.

Se você foi demitido, tenha em mente que não é a primeira empresa onde trabalhou e certamente não será a última.

É preciso tomar ações no sentido de não desanimar e não cair na depressão. Abaixo, algumas atitudes que certamente lhe ajudarão nos dias que virão:

1 – Restabeleça a autoestima: é muito comum nos primeiros dias pós demissão sentir-se como um grande zero à esquerda mas, creia, isso é passageiro. Mantenha pensamentos positivos e edificantes, apoie-se na família e nos verdadeiros amigos. Tenha a convicção de que o prejuízo maior foi da empresa que perdeu um bom funcionário. Você é maior que seu gerente e que o diretor da empresa que lhe dispensou.

2 – Crie uma nova rotina: nos primeiros dias você se sentirá deslocado e sem saber para onde ir, por isso, é indispensável que crie uma nova rotina. Tenha horário certo para sair da cama, vista-se adequadamente (nada de passar o dia todo de pijama) e procure novas atividades para passar as horas do seu dia.

3 – Atualize seu currículo: com a mente mais tranquila, sente-se em frente ao computador e refaça o seu currículo, deixe-o atraente para se destacar no mar de currículos que estão no mercado. Lembre-se que muitos estão disputando uma mesma vaga, portanto, é preciso destacar-se da multidão. Não minta, seja honesto com os recrutadores e com você mesmo.

4 – Avise a todos que está desempregado: importante que o maior número de pessoas saibam que você desempregado e em busca de uma recolocação. Trabalhar o networking é essencial para voltar rapidamente ao mercado de trabalho. Mantenha atualizadas suas redes sociais, principalmente o LinkedIn (rede social voltada ao mundo corporativo).

5 – Liquide todas as contas: jogue (literalmente) todas as contas na mesa e trate de liquidar todas com o dinheiro que receber. Importante também deixar uma reserva. Lembre-se que o novo emprego pode aparecer nos dias seguintes pós demissão, mas também pode demorar mais do que você espera, portanto, todo cuidado é pouco. Não faça novas contas e corte os gastos supérfluos, como idas ao shopping, almoços fora etc. Sua nova realidade pede sabedoria com os gastos.

6 – Cautela com o empreendedorismo: ao receber uma grande quantia, muitos optam por seguir o caminho do empreendedorismo, não há nada de errado com isso, porém, se for essa sua decisão, tenha muita cautela. Pesquise exaustivamente sobre o ramo do negócio pretendido, procure feedback de especialistas, visite o Sebrae da sua cidade, procure por cases de sucesso na internet. Só então empenhe o seu tão suado dinheiro no novo negócio.

Portanto, ser demitido não é o fim do mundo; ser demitido não é o fim de tudo. Extraia dessa experiência grandes lições e aprendizados para sua vida. Não tenho dúvidas que sairá mais forte.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento