Fotos para e-commerce: preciso fazer sozinho. E agora?

Este artigo é para que quem já entendeu a importância da fotografia e deseja fazer sozinho as fotos para a sua loja virtual, até que seja possível contratar um profissional especializado. Se eu comprar o equipamento X, já resolve? Descubra!

Um dos desafios mais comuns para quem está começando, é o baixo orçamento e, não por acaso, certas coisas acabam ficando para depois. Entre as coisas que costumam ficar para depois, estão as fotos dos produtos. É muito comum o uso de fotos de baixa qualidade ou, em casos extremos, a ausência de imagens. Este artigo é para que quem já entendeu a importância da fotografia e deseja fazer sozinho as fotos para a sua loja virtual, até que seja possível contratar um profissional especializado. Não deixe de ler até o fim.

Se eu comprar o equipamento X, já resolve?

Bom, vejamos. Basicamente, os equipamentos abaixo são o que há de mais comum no mercado:

TENDA DIFUSORA: O papel da tenda é distribuir de uniformemente a luz, a fim de iluminar o produto por completo, com mais facilidade. Também há tutoriais no Youtube, ensinando alternativas a ela, utilizando caixas de papelão e papel vegetal, com a mesma função. Há diversos tamanhos disponíveis e é importante que você compre/ faça a sua de acordo com o tamanho dos seus produtos.

LUZ FLUORESCENTE E SUPORTES: É a luz mais utilizada em conjunto com a tenda difusora. Os suportes servem para facilitar o posicionamento das luzes em torno da tenda.

TRIPÉ: É fundamental para a fotografia de produtos, pois vai assegurar a estabilidade da câmera, resultando em fotos mais nítidas, especialmente com a câmera em baixa velocidade.

CÂMERAS

  • Compactas: são as câmeras amadoras, de modo geral. Normalmente, possuem poucos ajustes manuais;
  • Compactas avançadas: são câmeras que possuem lente fixa, assim como as compactas, mas possuem também boa parte dos recursos de uma DSLR;
  • DSLRs: são câmeras que permitem a troca das lentes, conforme a necessidade.

Claro, quanto mais recursos tiver o seu equipamento, melhor. Porém, mais importante que isso, é dominar o seu funcionamento, a fim de explorar ao máximo as funções disponíveis e contornar as limitações. Você está preparado?

CONHECIMENTO: ESSE É O PULO DO GATO!

Se você já ouviu a expressão “é só apertar um botão”, saiba que fotografar com qualidade vai muito além do clique, que aliás, é uma das últimas etapas, na fotografia de produtos. Você não precisa ser um fotógrafo profissional, mas é importante dominar os princípios básicos de funcionamento do seu equipamento, além de entender como a luz se comporta sobre a superfície do produto fotografado, bem como as técnicas necessárias para realizar o clique e a finalização da imagem. Nada de outro mundo, mas é o mínimo necessário para que você possa obter fotos de boa qualidade e possa dar fôlego ao seu negócio, no que diz respeito às imagens.

Os equipamentos citados acima são mesmo muito úteis, mas é preciso um mínimo de conhecimento para explorá-los ao máximo, não existe uma solução pronta para todos os casos, ese as fotos das outras lojas virtuais (ou mesmo, deste artigo que você lê agora) parecem atraentes, é porque quem estava atrás da câmera, sabia disso (não porque o equipamento era melhor ou pior). Há cursos de fotografia de produtos, focados em quem está dando os primeiros passos no e-commerce. O objetivo é fornecer ao empreendedor, os conhecimentos necessários para resolver as situações, no momento de fotografar os produtos para a sua loja. Não é caro, e você ainda adquire conhecimento para debater com o fotógrafo que vier a contratar quando seu negócio crescer, mantendo um padrão de qualidade do serviço prestado! Antes de comprarqualquer equipamento, adquira o conhecimento necessário para saber o que você precisa comprar, de fato.

PRA FINALIZAR

Segundo dados do Ebit, a despeito do cenário econômico, o mercado de e-commerce continua apresentando projeções de crescimento (clique aqui para baixar o relatório completo).

Muita gente tem encontrado nesse mercado, uma alternativa ao desemprego, um incremento na renda, ou mesmo, abandonou a CLT para se dedicar às vendas on-line. Neste ponto gostaria de deixar uma pergunta, para reflexão: de que adianta fazer tudo certo para levar o cliente até a sua loja, se as imagens “ queimam o filme” do seu produto (se você ainda não está familiarizado com o assunto, sugiro que leia o artigo “O que é Fotografia Still”)?

Espero que estas informações sejam úteis. Qualquer coisa, deixe seu comentário!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento