Fique longe de gente azeda

Gente azeda, azeda qualquer coisa que toque. Elas são o contrário de Midas, que tudo que tocava virava ouro.

Tudo à sua volta, ou ajuda, ou atrapalha você. Por isso, é importante estarmos rodeados de gente do bem, pessoas alto astral. Obviamente que temos de procurar ajudar quem quer deixar de ser azedo. Algumas pessoas estão azedas apenas. Já, outras, SÃO azedas e pronto.

Pessoas que não estão bem, mas, fazem esforço para mudarem o cenário ruim no qual podem estar, vale à pena ficar perto e ajudá-las, afinal, elas querem mudar, e só precisam de um apoio, conselho, uma dica.

Gente azeda não. Estas nunca mudam, estão sempre reclamando, falando mal dos outros, de cara amarrada com o mundo. Se está chovendo, elas querem sol. Se está muito quente, elas reclamam e querem frio. Se o frio é grande, lamentam e dizem que gostariam de mais calor.

Quando você chama gente azeda para seu churrasco, é só para ficar frustrado. Para elas, a carne está sempre salgada, ou sem sal. A maionese está com pouco óleo ou muito vinagre. Elas sempre acham um defeito na sua churrasqueira. Ou é muito grande e dispersa o fogo, ou é pequena demais que mal cabe os espetos. Comem um quilo e meio de carne, porém, no final, dizem que estava malpassada.

Você conhece gente azeda? Elas conseguem estragar qualquer momento especial. O tornam pesado, ruim, azedo mesmo.

Na realidade, não são os momentos, as pessoas, ou as coisas na vida delas que estão ruins. São elas mesmas. Não se gostam, não se amam, detestam a si mesmas. Geralmente não amam ninguém, não queriam estar onde estão nem ter o que têm. Diferente de Midas, que tudo o que tocava virava ouro, os azedos, tudo que tocam, azeda.

Uma amiga minha sempre foi muito azeda. Um dia, enquanto eu tomava um vinho, ela me disse: “não sei como aguenta tomar esse vinho azedo. Dá vontade colocar veneno nisso para ver se melhora”. Eu não respondi nada, mas, na minha mente, pensei: “se eu fosse seu marido, eu mesmo colocaria veneno neste vinho e o beberia”.

Eu sei que você, talvez, como eu, tenha pessoas muito próximas, e que são azedas. Fica complicado de se distanciar delas, não é?

O melhor seria se afastar completamente, porém, como nem sempre dá para fazer isso, um meio de se proteger delas é leva-las na brincadeira. Toda vez que quiserem azedar seu dia, seu trabalho, sua festa, simplesmente sorria para elas, dê um abraço e diga “o mundo seria melhor se você não fosse tão azedo (a) ”. Assim, quem sabe, elas próprias mudem, ou, decidam se afastar, porque não aguentam ver sua alegria e doçura, enquanto saboreiam o próprio azedume.

Eu adoraria mudar gente azeda para gente doce. No entanto, muitas delas não querem mudar, acham que ser azedo é uma espécie de proteção. A única coisa que o azedume de alguém protege (afasta), é de gente doce, feliz, sorridente.

Pessoas azedas estragam o dia de trabalho de todos. Conseguem transformar tarefas bacanas em obrigações pesadas. Tudo é motivo para reclamação.

Eu tinha um amigo que vivia reclamando do seu trabalho. Não gostava do chefe, do salário, do trabalho. Um dia numa conversa, eu disse: “mas então saia do trabalho, vá fazer outra coisa”.

E ele: “mas como, com essa crise, vou arranjar emprego onde?”.

Eu falei “então fique no seu trabalho, caramba”.

Ele: “nossa, você quer meu mal, como pode dizer para eu ficar num lugar ruim desses”.

Eu disse: “mas então saia”.

E ele fala: “mas como pode me desejar sair do trabalho, quer que eu fique sem emprego? ”

Falei: “então fique...”, e parei a conversa sorrindo, para não me irritar.

Você percebe que os azedos nunca estão satisfeitos, e não tomam decisão alguma, e pior, quando pedem sua opinião, e você dá, elas jogam a culpa em você?

Sempre que conseguir, fique longe de pessoas azedas. Elas são como aquele bichinho das frutas, que vai fazendo um buraquinho, estragando uma pequena parte, mas, que no final, acaba por destruir toda a fruta. A diferença é que o bichinho da fruta não tem consciência do que está fazendo, e só reage ao seu instinto para sobreviver.

Pessoas não precisam ser azedas para sobreviver. É muito melhor ser doce e feliz, do que azedo e na companhia da infelicidade.

Você que é doce, procure ficar distante dos azedos, senão eles acabam contaminando sua vida. Não dá para se misturar, é como óleo e água. E isso não é ser arrogante, é apenas o desejo de preservar sua vida cheia de doçura.

Beijo no seu coração, fique com Deus, sucesso e felicidades sempre.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento