Felicidade

Um dos grandes objetivos das pessoas é estar está sempre buscando ser feliz. Obviamente o conceito de felicidade varia de pessoa para pessoa e da mesma pessoa nos mais diversos momentos da sua vida. De alguma forma esses momentos que se vive de felicidade, ocorridos no passado, nos estimulam repeti-los no presente

Sempre estamos procurando nos descartar daquilo que nos traz algum desprazer e procuramos focar no prazer; isso parecer fazer parte da essência humana, enquanto das posses das suas sadias faculdades.

Segundo Vicente de Carvalho, em sua poesia “Felicidade”:

“Existe, sim: mas nós não a alcançamos

Porque está sempre apenas onde a pomos

E nunca a pomos onde nós estamos. . . “

Eu gostaria de fazer algumas colocações:

[1]NÃO existe FELICIDADE o que existe são MOMENTOS DE FELICIDADE. A felicidade contínua não existe e quando os estamos vivendo esses momentos não queremos que eles acabem.

[2] Quando se sentir feliz, procure usufruir o máximo desse momento mágico.

[3] Contrariando o Mestre.. “E nunca a pomos onde nós estamos...”, gostaria de fazer outra afirmação: Se pormos no coração aquilo que nos traz momentos de felicidade, onde estivermos Felicidade estará. Ou seja, vamos manter no nosso coração esses momentos de felicidade e apenas caberá a nós, cuida-los, mantê-los acesos para esquentar nosso corpo e o nosso espírito.

Numa sua frase, de Carlos Drumond de Andrade, temos: "Ser Feliz sem motivo é a mais autêntica forma de felicidade". Também, Paulo Coelho, escreveu “A criança pode ensinar ao adulto três coisas; ser feliz sem razão alguma ...

Acredito que não existe felicidade sem razão. Sempre somos felizes ou infelizes por alguma razão. Pode até acontecer de sermos avassalados por uma felicidade inesperada e estar inebriado por isso e, não entender o porquê. Se for por amor, com certeza vamos acabar descobrindo a razão.

Por exemplo, no caso da felicidade exteriorizada por uma criança, que esteja sorrindo para a vida, mesmo ela, tem pelo menos uma razão para ser feliz; está vivendo no seu mundinho mágico onde tudo é possível e onde não existe tristeza, ou seja, onde não existem (ainda) as frases do tipo: “não vou conseguir”, ”isso não dá para fazer”, “isso é impossível’ . . .

Tudo é belo apesar de toda a simplicidade de ideias e pensamentos que habitam a sua cabecinha.

Quanto ao Drumond na sua frase de mensagem semelhante, acho que se lermos nas entrelinhas, e acreditar que ele queria dizer que se pode ser feliz com coisas mínimas, tão pequenas que elas parecem não existir, assim dessa forma, concluindo que não existe motivo algum. Não é só na física que toda ação tem uma reação igual e contrária. Isso acontece também com a gente; se estou feliz é porque afastei a tristeza e a reação contrária é a alegria

Ninguém é feliz sozinho. Até podemos dizer que felicidade que sentimos não nasce dentro de nós.

Porque a felicidade que se sente vem sempre de alguém assim como a nossa imagem vem de um espelho. É por essa razão que quando estamos andando despreocupadamente, de repente vemos a pessoa amada e tudo muda; o hormônio do amor, oxitocina nos transforma imediatamente, o coração bate mais forte, nossas pupilas se expandem e a gente sente a felicidade acesa dentro de nós por uma chama externa

O ser humano é uma criatura que tem necessidade de viver em grupo. Isso se aprende desde de quando nascemos que que precisamos de apoio dos pais para sobreviver. Uma girafinha dez minutos após nascer, já começa a aprender e sair andando por contra própria. O máximo que mamãe girafa pode fazer é dar um pequeno apoio com o seu longo pescoço, para ajudar a girafinha titubeante ficar em pé.

Agora, se alguém está tentando ser feliz sozinho, como tudo sempre existe uma razão, e se espera que o problema não precise de um tratamento psicológico.

A felicidade também é ser livre. Ser dono no seu destino

Precisamos de bens materiais para viver. Mas eles não devem ser o nosso objetivo maior .

As pessoas ricas não podem fazer um passeio pelo parque sem estarem rodeadas de segurança. A felicidade não se mede pelo saldo bancário

Diz a um conto italiano que um rei infeliz só seria feliz se usasse a camisa de um homem feliz. O homem feliz depois de ser procurado por muito tempo no reino foi achado.

Foi levado a presença do rei. O rei falou: pagarei o que quiser pela sua camisa

O homem respondeu: “majestade, sou muito pobre para ter uma camisa”

Mensagem final; quando seus neurônios espelhos entraram em ação e a oxitocina for lançada na sua corrente sanguínea, procure usufruir na sua maior plenitude esse maravilhoso momento mágico! Seja Feliz! Essa é a razão máxima da nossa existência!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento