Feito é melhor que perfeito
Feito é melhor que perfeito

Feito é melhor que perfeito

Buscamos sempre mais: mais cursos, mais informação, mais consultoria, mais melhorias de processos, mais conhecimentos e, no entanto, não colocamos quase nada em prática

Feito é melhor que perfeito!

Não precisa muito esforço para perceber o quão incrível é ver as empresas se perderem com tanto conteúdo. Buscam sempre mais, mais, mais curso, mais informação, mais consultoria, mais melhorias de processos, mais conhecimentos; no entanto, não colocam em prática. Ficam só no buscar.

Estudei muito sobre isto por mais de trinta anos na prática. Porque isto acontece?

Ai descobri e tem se confirmado a cada dia, que as pessoas estão muito preocupadas com a concorrência, com o que vão pensar, têm medo do fracasso, têm medo do novo, têm medo de colocar em prática aos poucos. Os empreendedores querem já começar no ápice, com tudo perfeito. E o resultado você já sabe: é o que temos por ai! Não tem o FEITO nem o PERFEITO!

Há uma febre, na verdade um mercado muito grande e lucrativo, efervescente, de pretensos mentores, coachs e gurus; vendendo curso, webinar, seminário, congresso, live e tudo o mais que você já deve estar também de “saco cheio”. São de fato lobos atrás de ovelhas (empreendedores) inocentes.

É incrível como a maioria dos empresários, voltam toda semana para um novo curso, um novo seminário, um novo programa de treinamento, um novo programa de “xyz” e outras sopinhas de letras. E assim vai. Eles não têm mais tempo, para suas empresas!

E você sabe na prática, que se aprendemos algo novo e não a colocamos em prática, para nada serve. Se deteriora, vira lixo, vira diploma e certificado no currículo que para nada serve, a não ser encher as redes sociais com “habilidades fantásticas”, mas só na teoria.

Descobri também, que os empresários fazem isto porque não sabem qual ferramenta usar, o que usar, como usar, para que servem e como gerar resultados com as ferramentas de gestão. De novo como ovelhas, dão sua lã e seu leite para as empresas de fomento e eventos, que cuidam de não lhes tirar a vida, para que continuem a lhes prover lã e leite em troca de uma “ração básica” de Teoria Geral e complicada de administração.

Precisamos ajudar estes empresários a sair da Teoria Geral da Administração e passar para a Prática Geral da Administração. São estes empresários da prática, que estão tendo sucesso, bebendo água limpa e gerando os “unicórnios” nas startups.

Pense nisto e saia da teoria e vá para prática: o feito é melhor que o perfeito, mas não precisa ser mal feito!

Comentários

Participe da comunidade, deixe seu comentário:

Deixe sua opinião!  Clique aqui e faça seu login.
    Roger Maia

    Roger Maia

    ROGER MAIA é Mestre em Educação pela UEMG, Especialista em Sistemas de Informação pela UFMG, MBA em Gestão Empresarial pela FACED e graduado em Ciências pela FUOM, especialista em Liderança e Desenvolvimento de Equipes pela IBMI de Berlin de Alemanha, Autor de livros sobre Administração e Tecnologia da Informação, Professor universitário e de pós graduação, CEO da Vilesoft, Especialista em Startup e Search Fund da Widjet Celera. É membro efetivo da SBC - Sociedade Brasileira de Computação desde 2005 e membro do IEEE - Institute of Electrical and Electronics Engineers of USA.

    café com admMinimizar