Eu x Robô: a modernidade e o emprego

Como não perder seu emprego com as novas tecnologias e melhorar sua produtividade com elas?

Recentemente, a sul coreana Samsung anunciou que irá substituir trabalhadores que executam determinadas atividades manuais por robôs, com menor custo operacional. A decisão segue tendências semelhantes às mudanças ocorridas no mercado de blockbusters e serviços bancários, nos quais muitos Bancos estão observando a viabilidade de diminuição de caixas eletrônicos e até mesmo de agências e funcionários, devido ao aumento da utilização de plataformas digitais para transações. Desde os primeiros passos da informática, setores profissionais vivem a temerária realidade de serem substituídos por máquinas que executam as mesmas atividades profissionais com menos gastos e até mesmo melhor aproveitamento. Portanto, como esse trabalhador se adapta à essa realidade?

Primeiramente, é necessário ter a ciência de que de forma alguma será possível frear a evolução da tecnologia, portanto brigar com ela não é a forma mais inteligente de superar essa problemática (cabe aqui, portanto, levantar a questão Taxis x Uber ou empresas de telefonia x Whatsapp: será que vale a pena brigar para que estes aplicativos sejam considerados ilegais? Sábio é quem não entra nessa disputa, entendo que a propagação destes é inevitável). Como diz o ditado: " Se você não pode contra seu inimigo, alie-se à ele". Procure formas de adaptar o que hoje você faz otimizando suas funções com o auxilio da tecnologia. Isso fará de você um profissional muito mais produtivo.

Assim como aplicativos que possuem atualizações constantes, a sua capacitação deve ter tal frequência. Estude, reinvente-se, aprimore e evolua sempre! Um profissional estagnado, "parado no tempo", é assemelhado ao equipamento que foi superado e substituído por outra tecnologia (há décadas atrás, pager e diskman eram o que existia de mais moderno no mundo, hoje são itens esquecidos). Mesmo que tenha perdido seu emprego pelo fruto da automatização da sua atividade, se estiver devidamente atualizado e em constante aprendizado, sua recolocação no mercado de trabalho se dará com maior velocidade.

O segredo, portanto, para não ser substituído pela tecnologia é fazer da mesma forma que os aplicativos e sistemas sobrevivem: atualizar-se sempre!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento