Eu prefiro sentir compaixão do que saber o seu significado.

Eu acredito na possibilidade de fazer as coisas. Possibilidade Política. Possibilidade Espiritual. Possibilidade Industrial. A possibilidade radical de um presente e futuro tão bonito, apaixonante e interessante que nenhum partido político, preconceito ou crença egoísta possa destruir. Não interessa se é esquerda ou direita, eu sou leal a MENTALIDADE empreendedora. O mundo é o lugar certo para aqueles que estão pensando seriamente em como melhorar a vida dos outros.

Eu acredito na possibilidade de fazer as coisas. Possibilidade Política. Possibilidade Espiritual. Possibilidade Industrial. A possibilidade radical de um presente e futuro tão bonito, apaixonante e interessante que nenhum partido político, preconceito ou crença egoísta possa destruir. Não interessa se é esquerda ou direita, eu sou leal a MENTALIDADE empreendedora. O mundo é o lugar certo para aqueles que estão pensando seriamente em como melhorar a vida dos outros.

Querida(o) Amiga(o),


Em Setembro de 2003, Yonatan Shapira, piloto da força aérea israelense, escreveu uma carta que deixou boa parte do povo israelense de boca aberta. Endereçada ao alto comando do exército, e co-assinada por outros 26 pilotos, a carta dizia, "Nós, os pilotos, nos recusamos a fazer parte dos ataques da Força Áerea Israelense a populações civis. Nós nos recusamos a ferir pessoas inocentes. Esses atos são ilegais, imorais e corrompem os valores da sociedade israelense". A carta tornou-se pública, a turma da alta patente sentiu-se ameaçada. Os pilotos foram expulsos da força áerea israelense em questão de horas.

"Eu comecei a repensar o meu trabalho quando eu vi crianças mortas", "No começo eu achava que tudo era normal. Mas aí a coisa toda virou uma sanguinária rotina. Primeiro era um homem bomba, depois um líder do Hamas, depois um membro do Hamas, depois um simpatizante do Hamas, depois, por erro técnico, uma família inteira", "Eu acredito nos Dez Mandamentos, e até onde eu sei, "Não Matarás" continua sendo um deles e nada justifica o contrário".

As medalhas de latão e latinha seriam a fama e glória para Yonatan, mas ele disse NÃO. Yonatan hoje tem sua própria empresa.

A Wal-Mart e seus 300 bilhões de dólares em vendas com apenas 4.000 lojas no mundo é uma empresa fascinante. O poder dos caras é tão grande, tão forte, tão extenso, que uma única canetada do comprador do Wal-Mart em uma proposta de negócios pode significar o início ou o término da produção anual de uma fábrica inteira de qualquer coisa em qualquer lugar do mundo. Centenas de pessoas podem ser empregadas ou demitidas assim que uma reunião de 30 minutos termina na área de compras do Wal-Mart.

Quem não gostaria de fazer negócios com uma empresa tão poderosa quanto o Wal-Mart? Todo mundo, menos Jim Wier.

"Nesses três anos que estamos fazendo negócios com o Wal-Mart, o nosso preço caiu todos os anos", disse Jim Wier para o Vice-Presidente do Wal-Mart, "Todos os anos novos benefícios são acrescentados ao nosso produto, mas mesmo assim, o Wal-Mart continua achando o nosso produto caro demais", "Hoje, com o preço que vendemos o nosso produto para vocês, a nossa empresa não está ganhando dinheiro algum. E se continuarmos a trabalhar desse jeito esse ano, eu vou perder dinheiro", "Eu até poderia fazer isso, perder dinheiro com vocês e não quebrar", "Entretanto, além da Wal-Mart, nós temos uma rede de revendedores que representam 80% das nossas vendas, sendo assim, se fizermos tudo pelo Wal-Mart, nós colocaremos esses parceiros em uma posição de desvantagem", "Se fizermos isso, corremos o risco de perder tudo".

Quando Wier comunicou a rede de revendedores que os produtos deles não seriam mais vendidos no Wal-Mart, o volume de negócios aumentou, e rapidamente voltou aos patamares dos anos Wal-Mart.

O maior do mundo quis fazer negócios com Jim Wier, mas ele disse NÃO.

A pior coisa que você pode fazer a si mesmo nessa vida é ter MENTALIDADE de empregado, ATITUDE de escravo, COMPORTAMENTO de peão.

Não interessa se é o exército, não interessa se é o Wal-Mart, BAIXAR A CABEÇA para ordens burras e estratégias estúpidas JAMAIS. NUNCA. NUNCA MAIS! Aceitar ordens é MENTALIDADE de peão, fazer tudo que o cliente pede é MENTALIDADE de escravo.

MENTALIDADE é tudo! O que você pensa é o que você será.

O que separa um empregado de um empreendedor é a MENTALIDADE e não as habilidades.

Não adianta nada aprender algo novo se você vai continuar com a mesma MENTALIDADE sobre as coisas.

Como alguém pode pensar que trabalhar para um único cliente (o seu atual patrão) é mais seguro do que trabalhar para diversos clientes?

O empregado, o escravo e o peão tem a MENTALIDADE do fracasso. O empregado acredita que o trabalho começa as 9:00 e termina as 17:00 hs. O escravo acredita que somente se a empresa investir em novos equipamentos, novos sistemas e novas novidades chegaremos a algum lugar. O peão acredita que as vendas só vão aumentar quando o mercado melhorar ou os juros cairem. O empregado acredita que a vida segue o caminho da escada corporativa e está contente com isso, estagiário, assistente, supervisor, gerente, diretor, vice-presidente até sócio aposentado do clube de campo da empresa. O escravo quer saber se a empresa tem plano de carreira!!!! O peão é tarado por ordens, só trabalha quando alguém diz o que tem que fazer ou quando o chefe entra na sala. O empregado é burocrata, tudo precisa de um formulário, tudo precisa de um processo, tudo precisa de um e-mail, tudo precisa de um advogado.

O empregado, o escravo e o peão, quando frente-a-frente com os problemas que aparecem quando o lugar está contaminado com a MENTALIDADE que eles mesmo disseminaram, resolvem a parada com um calendário de TREINAMENTO de novas habilidades para todos os peões, NOVOS PROCESSOS, NOVOS INCENTIVOS DE PLANOS DE CARREIRA e uma nova piscina no clube de campo.

Mas o fato é que a causa da causa da causa do problema não são as estruturas, as infra-estruturas, os processos e os sistemas, mas a MENTALIDADE DAS PESSOAS.

A MENTALIDADE vencedora é sobre DETERMINAÇÃO, PERSISTÊNCIA, JULGAMENTO, AMOR PRÓPRIO, PAIXÃO, FOCO, DISCIPLINA, OTIMISMO, RISCO, BOM SENSO, SACRIFÍCIOS, TRABALHO DURO, MUDAR O MUNDO, MELHORAR O MUNDO e TER UMA CAUSA FILOSÓFICA maior do que a própria pessoa e a própria empresa.

É preciso haver DETERMINAÇÃO na MENTE das pessoas, "Ninguém sai da sala até chegarmos a um consenso entre todos", "Não importa se as coisas sempre foram assim, não está dando resultado, vamos mudar, quem quer liderar a mudança?", "Eu não vou prá casa enquanto não terminar o que eu tenho que fazer".

É preciso haver JULGAMENTO na MENTE das pessoas, "Por que o nosso melhor cliente é o nosso melhor cliente?", "Por que ainda não vendemos para aquela famosa empresa?", "Só temos 100 reais para investir, precisamos escolher entre um ou outro investimento, como vamos fazer a escolha?", "Os seus argumentos não são o suficiente para me convencer a aprovar o projeto, traga mais argumentos".

É preciso haver OTIMISMO na MENTE das pessoas, "Vamos estudar uma nova maneira de consertar o erro", "Nós recebemos Amor quando damos Amor", "Se a entrega não acontecer, nós vamos retirar", "As vendas do produto X vão cair, vamos oferecer o produto Y".

É preciso haver UMA CAUSA FILOSÓFICA na MENTE das pessoas, "Nós fizemos esse produto para mudar o mundo", "Nada é por acaso, o cliente deve ser tratado como todos nós gostaríamos de ser tratados", "Nada será igual depois que começarmos a trabalhar nessa cidade", "As pessoas vem antes de tudo", "A nossa alma não está a venda, corrupção jamais".

Eu prefiro sentir as consequências de uma MENTALIDADE empreendedora na minha vida do que saber o significado de uma vida empreendedora.

Vigie o quê você pensa. Desafie os empregados, os escravos e os peões do mundo com a MENTALIDADE da possibilidade.

Nunca pare de pensar assim.

NADA MENOS QUE ISSO INTERESSA!

QUEBRA TUDO! Foi para isso que eu vim! E Você?

Ricardo Jordão Magalhães
Seu Amigo, Seu Irmão.
E-Mail e Messenger: ricardom@bizrevolution.com.br
BIZREVOLUTION

Quando você vai comprar o livro QUEBRA TUDO? O brinquedinho já está a venda em tudo quanto é lugar.

EU SOU FÃ DO SER HUMANO! E Você?



ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.