Café com ADM
#

Ética Pessoal: na Carreira, nos Negócios e na Vida

Em algum momento da escalada, subindo a escada do mercado, podemos nos deparar com uma proposta que nos faça questionar nossa ética pessoal. Principalmente quando almejamos os degraus mais altos, tais situações são mais freqüentes: elas se apresentam como um atalho, uma facilidade que nos pouparia trabalho e esforço, porém às custas de outros, ou da quebra dos nossos próprios valores e regras pessoais. Minha dica seria: Não se venda por algo que não vale a pena. Poderia dizer também: Não se prostitua, não venda seu corpo, seu trabalho, seus valores, sua alma... pelo que não vale a pena. A história diz que Judas conseguiu o dinheiro! 30 peças de prata, naquela época era uma fortuna considerável. Temos então, obviamente, uma história de sucesso, um jovem que conseguiu uma fortuna considerável... Você não está entendendo, o nome dele é Judas! A história conta ainda que assim que ele recebeu o dinheiro, ele estava infeliz. Como é possível ter uma fortuna e estar infeliz? Simples, ele não estava infeliz com o dinheiro, estava infeliz consigo mesmo! No fim, em meio a um desespero mental e espiritual, Judas enforcou o seu ser desprezível. Por que uma pessoa rica iria se matar? Bom, vemos isso todos os dias. O fato é que quando o relógio bate meia-noite, e a carruagem se transforma em uma abóbora, neste momento nos encontramos a sós e em nossa companhia apenas o travesseiro. Esta é a hora em que o que temos se torna muito menos importante do que quem somos. Ou ainda, quem nos tornamos. A angústia pessoal, a sensação de plenitude não podem ser supridas com um carro novo, uma viagem à praia. Não há cura exterior para um problema interior. Quando se trata de violar nossa ética pessoal, o atalho pode ser a maior distância entre dois pontos. Talvez a eterna pergunta a ser feita, em qualquer situação, não seja o que é que vou ganhar aqui, mas quem eu vou me tornar, pois é a pessoa que você se torna que o faz ser valioso. Um trabalhador valioso, uma amigo valioso, um pai valioso, e, mais importante, um ser humano valioso. Victor Ribeiro
ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.