Estoque zero - utopia ou realidade

As ferramentas administrativas para a gestão logística. Premissas para o sucesso do JIT

Difícil sim, impossível, não. Viável sim, trabalhoso - muito!

Planejar o fluxo dos materiais, para que cheguem do fornecedor no momento anterior ao fim do seu estoque.

Conhecer o lead-time seu e do seu fornecedor é fundamental. Usar os tão conhecidos cronogramas e fluxogramas para gerir este recurso tão importante quanto o dinheiro "o tempo". Veja, então, que não é questão de deixar acabar a matéria-prima para pedir correndo ao fornecedor. Não castigue seu fornecedor e nem se justifique com o seu cliente.

Faça direito para ter sucesso, e fazer direito exige suor, ou seja: levantar dados, tabular, comparar, analisar e tomar medidas corretivas (PDCA).

Este acompanhamento deve ser constante e com a filosofia KAIZEN – de melhoria contínua, pois, se você não melhora, seu concorrente melhora.

Reuniões e reuniões com seus fornecedores, que, aliás, devem ser transformados em parceiros, com o sistema ganha-ganha.

Conheça o processo e, quando achar que "o" conhece muito bem o coloque em um aparelho de tomografia computadorizada – TAC. Sabe o que quero dizer? Que precisamos enxergar o negócio com visão sistêmica – panorâmica para identificar os pontos fortes, fracos, as oportunidades e as ameaças (SWOT).

Temos ótimas consultorias e um ponto inicial pode ser o SEBRAE.

Abraço e Sucesso!!!

ExibirMinimizar
CEO Outllok, A era da liderança resiliente. Confira os Resultados.