Está na hora de aproveitar as oportunidades

Muito falamos da crise e de seus efeitos e acabamos esquecendo que ela pode esconder diversas oportunidades

Muito está sendo falado sobre a crise que vem rondando o país nesses últimos tempos, mas pouco se fala das oportunidades que ela traz para quem não se desespera no primeiro momento e se planeja para aproveitá-las.

Deveríamos chamar esse momento não de crise, mas sim de ajuste econômico, já que agora a economia vem enxugando todo o excesso que ocorreu nos últimos anos, excessos do governo e também da população brasileira como um todo, isso é mais do que normal em momentos de bonança, mas são os exageros que fazem com que sintamos crises de tempos em tempos.

Imaginemos que alguém saia de casa pensando em comprar uma roupa de até R$ 100,00 mas na loja observa várias promoções e resolve comprar um pouco mais, “já que cabe no cartão de crédito, posso pagar sem sentir” pensa a pessoa ao comprar, e então o que ocorre é que a soma de todas as vezes que compramos algo a mais do que o planejado nos surpreende com uma conta elevada.

Parece algo isolado, mas esse exemplo se enquadra em como o governo se endivida e como as pessoas também se endividam, ou seja, comprado mais do que precisam e gastando mais do que ganham, com isso invariavelmente vem a crise para enxugar os excessos. Bom, é nesse momento que estamos e se pararmos para pensar essa crise está gerando lindas oportunidades para quem pensa em investir no médio/longo prazo.

  • Vejamos, o dólar hoje (01/09/15) fechou a R$ 3,69; muito ruim para comprar qualquer coisa importada, mas muito interessante quando se fala em investir em um fundo cambial, ETFs e ações que lucrem com a alta do dólar. Já que, segundo muitos analistas, a moeda americana tende a continuar se valorizando frente à moeda brasileira, pois os fundamentos econômicos do Brasil tendem a continuar derretendo, é esperado um dólar próximo aos R$ 4,00; então é possível ainda lucrar bastante com a alta da moeda do Tio Sam.
  • Ibovespa cai de maneira vertiginosa, isso é ruim? Depende muito do ponto de vista, mas se pararmos para pensar um pouco, a bolsa cai por medo de fundamentos da China e de um dólar mais caro (como visto acima, o dólar pode trazer vantagens), mas e as boas ações do Ibovespa? Sim, aquelas que continuam dando ótimos lucros, mesmo nesse momento de crise, estão descontadas sendo negociadas por volta de 15x lucro ou até menos, se constituindo como ótimos investimentos, inclusive ações que lucram com o aumento do dólar também estão descontadas, o que faz com que possamos investir nelas e lucrar bastante com o aumento da moeda americana.
  • Juros altos fazem com que tenhamos que gastar mais para comprar o que antes comprávamos com leviana facilidade, isso parece muito ruim, sobretudo se a pessoa está endividada e vê as suas contas ficarem mais caras. Mas, em compensação, os juros altos criam grandes oportunidades na renda fixa, incluindo fundos DI, Tesouro Direto, CDB e LCI/LCA, dentre outras.
  • A inflação volta a assombrar? Realmente nosso velho dragão teve um filho, o alimentou, educou e agora que ele está grande e forte, mandou que ele viesse conquistar o Brasil, mas ele não contava com a força dos grandes paladinos que são as NTN-Bs (hoje chamadas de Tesouro IPCA+Juros) e as debêntures incentivadas, formas de investimentos que protegem da inflação e ainda remuneram com juros fixo acima do IPCA, o que permite mensurar desde o início o ganho real (aquele que supera a inflação) de nossos investimentos. É, esses paladinos têm tudo para ganhar do dragão, e é deveras muito interessante aliar-se a eles.
  • Segundo o IBGE o desemprego bateu 8% em agosto, sendo assim uma demonstração de enfraquecimento da economia brasileira, junto com o PIB que está cada vez mais em queda, mas essa fraqueza pode ser usada de forma correta ao nosso favor, para aqueles que procuram empregos existem oportunidades, mas a pessoa deve se mostrar competente e multifuncional, podendo inclusive galgar várias posições em pouco tempo, abrem-se cursos para formar profissionais ou atualizá-los no mercado de trabalho, o que é uma grande chance de aproveitar o tempo do seguro-desemprego para investir em sua própria educação com cursos curtos que podem fazer muita diferença na hora de buscar emprego, o tempo “livre” que a pessoa tem agora pode ser usado para qualificá-la melhor e assim tentar um emprego muitas vezes melhor.
  • Ainda nessa linha existem chance de a pessoa empreender como sempre sonhou fazendo com que sua experiência de trabalho anterior a ajude a seguir em frente fazendo o que realmente gosta.

Para aqueles que já tinham algum dinheiro guardado surgem as verdadeiras oportunidades de comprar imóveis bem abaixo do preço. A depender de quão desesperado esteja o vendedor os imóveis podem ser encontrados com descontos absurdos. O mesmo vale para carros, que tal com R$ 40.000,00 comprar um ótimo sedam usado ao invés de comprar um carro popular zero?

Pensemos bem, oportunidades existem em todas as vertentes da crise, para aqueles que se prepararam durante o tempo das vacas gordas, existem agora grandes oportunidades para lucrar, investir, crescer profissionalmente (pela meritocracia) e aumentar de forma expressiva o patrimônio. Por isso para terminar deixo uma frase que há muito escutei de um grande consultor financeiro: “Em tempos de bonança se prepare para a crise e na crise se prepare para lucrar muito”. Pensemos nisso e até a próxima!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento