Está desanimado? Ouse mudar!

Seja autor da sua própria história

O dia a dia nos envolve em rotinas que, com o passar do tempo, acabam nos desgastando.
Somos levados ao desânimo quando, já saturados, não vemos alternativa de passos diferentes, afinal, a rotina é imprescindivel ao bom andamento da vida.

Ouso dizer que rotinas devem ser quebradas!
Sim, as rotinas devem ser quebradas!

Não quero dizer, com isso, que devemos jogar tudo para o alto e fazer aquilo que bem entendermos. Um dos princípios que não devemos abrir mão é a responsabilidade com aos compromissos que assumimos , seja conosco, seja com o outro.

Minha afirmação de quebra de rotina está relacionada ao fato de permitir-se, de ousar, de fazer diferente.
A sua rotina pode ser vista com outros olhos, pode ser mudada, sem que suas responsabilidades sejam deixadas de lado.

Você pode enxergar a mesma coisa de forma diferente. Você pode sair do piloto automático e se envolver em um processo de inovação contínua.
Nesse processo de inovação, a primeira mudança que precisa acontecer é a mudança dos seus pensamentos. Você precisa abandonar o estigma de que tudo precisa ser feito sempre do mesmo jeito.

Sua mesa de trabalho pode ser reorganizada. Que tal colocar nela aquele porta retrato, com aquela foto, que traz alegria ao seu coração?

Se a relação com seu Cliente está desgastante, que tal mudar a forma com a qual lida com ele? Que tal ser você a diferença que espera na relação, olhando-o como uma pessoa que é igual a você?

E quanto ao seu trabalho, que tal reorganizar suas tarefas? Que tal fazer planejamentos determinando dia, horário e local para que você consiga dimensionar o resultado daquilo que faz?

Há quanto tempo não tira um tempo para você? Há quanto tempo não se permite uma caminhada matinal em um dia de sol? Há quanto tempo não faz algo que te traga leveza, que te traga a satisfação de realização interior?

A vida é feita de decisões. São elas que nos norteiam.
Deixar de tomar uma decisão também é uma decisão. Mas será que é a melhor decisão?

O que será que vale a pena: deixar vencer-se pelo desanimo de aceitar aquilo que a rotina impõe ou ser autor da própria história, redesenhar a vida de uma forma que seja vivida com intensidade, com cor, com sentimento, com satisfação?

Escolha viver de verdade e permita-se a experiência diária de tomar a decisão de fazer diferente, de fazer a diferença e de chegar ao final de cada dia com o sentimento de realização.

Ouse mudar!

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento