Empresário, empreendedor ou empresário empreendedor?

Um posicionamento profissional adequado impactará positivamente na melhoria e no desenvolvimento da economia local e global

As necessidades de Empreender são contínuas e benéficas para toda a sociedade. Pode-se dizer que nem todo negócio é um empreendimento, mas que todo empreendimento é um negócio. O ato de empreender visa muito mais do que meras recompensas financeiras, enriquecimento individual e simplesmente pessoal. Objetiva-se o desenvolvimento multifuncional.

Ser Empreendedor é ser um Eu Holístico, pensar no empreendimento e nos seus múltiplos e interdependentes atores empresariais, tendo cada qual sua função a desempenhar e seus méritos e conquistas a serem reconhecidas. Necessita-se de um Relacionamento de Parcerias simples e eficaz, capaz de criar vínculos verdadeiros e duradouros, gerando uma cadeia de valores ganha-ganha, em que todos os envolvidos se beneficiam com o negócio.

O Ser Empresário, muitas das vezes, está diretamente ligado ao enlace empresarial econômico-financeiro, arquitetando o negócio para a obtenção de lucros e retornos em receitas. Não há preocupações administrativas, gerenciais, estrategicamente pensadas para o crescimento e desenvolvimento do negócio, possibilitando beneficiar não tão somente quem fica à frente da empresa, mas toda a sociedade, principalmente os clientes.

Pensamento voltado não somente para obtenção de receitas, mas também visando impactar positivamente no desenvolvimento da sociedade, o Empresário Empreendedor preocupa-se nas melhorias que o seu negócio trará para os atores envolvidos, direta ou indiretamente, na gestão e no funcionamento da empresa. Busca expansão comercial conjuntamente associada a desenvolvimento social, investindo em projetos socioeducativos, culturais, ambientais, entre outros.

Investir em instituições, em projetos educacionais, criar redes interligadas à geração de valores comunitários, relacionando e inter-relacionando os setores da empresa a mais um setor, um setor de projetos sociais, permite à organização destacar-se perante o mercado. As empresas não podem ser mais meramente empresas, necessitam-se serem empresas empreendedoras, divulgarem e institucionalizarem o empreendedorismo na cultura empresarial, na sua Missão, Visão e nos seus Valores.

ExibirMinimizar
aci institute 15 anos compartilhando conhecimento